Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/10/2018

    Vendaval causa estragos no interior e Inmet alerta para tempestade nesta tarde

    Em 49 municípios a chuva pode atingir 100 milímetros com ventos intensos de 60 quilômetros por hora

    Telhas quebradas em rua de Taquarussu ©Direto das Ruas 
    O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) estendeu o alerta de tempestade com granizo na tarde desta quinta-feira (18) de 38 para 49 cidades de Mato Grosso do Sul. Nos municípios a chuva pode atingir 100 milímetros com ventos intensos de 60 quilômetros por hora. Em Nova Andradina e Taquarussu vendaval derrubou placa e destelhou casas.

    As cidades em alerta são: Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Caracol, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi e Itaporã.

    O aviso também é válido para Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Três Lagoas, Vicentina e Amambai.

    Vendaval 

    Em Nova Andradina, um vendaval derrubou placa de obra e cobriu parte da cidade com poeira. Já em Taquarussu, o mesmo fenômeno destelhou um recinto de eventos. As telhas quebradas ficaram espalhadas pela rua.

    Próximos dias - Na sexta-feira a formação de um canal de umidade no Estado promove pancadas generalizadas de chuva e trovoadas, especialmente à tarde.

    A partir do sábado, as instabilidades diminuem, mas os ventos se intensificam. Haverá maior variação de nebulosidade ao longo do dia; as pancadas de chuva e trovoadas ficam mais isoladas e se concentram na faixa oeste/norte, principalmente entre a tarde e início de noite.
    Vendaval derrubou placa e cobriu Nova Andradina de poeira ©Direto das Ruas


    Fonte: campograndenews
    Por: Guilherme Henri


    Imprimir