Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/09/2018

    Governo federal promete R$ 9,5 milhões para concluir anel rodoviário em Campo Grande

    Carlos Marun durante reunião com Marquinhos Trad e membros da prefeitura e do Dnit ©Maisse Cunha
    O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), esteve na manhã desta sexta-feira (14) no canteiro de obras do macroanel rodoviário de Campo Grande na saída para o município de Rochedo (MS-080). Ele disse que o Governo Federal vai enviar R$ 9,5 milhões para conclusão das obras no local.

    O investimento faz parte de um programa de inaugurações a serem feitas pelo presidente Michel Temer (MDB) na reta final do mandato denominado “Chave de Ouro”, segundo Marun. O ministro diz que os recursos estão reservados e devem ser repassados até dezembro deste ano.

    O prefeito Marquinhos Trad (PSD) e o secretário municipal de Infraestrutura, Rudi Fiorese, se reuniram com Marun no Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) em Campo Grande.

    De acordo com Fiorese, para o macroanel ser concluído faltam executar serviços de terraplanagem em rotatórias nas rodovias MS 010, MS 080 e BR 163.

    Marquinhos afirmou que o município entrará com a contrapartida de 10% em relação ao valor a ser enviado pela União, ou seja, aproximadamente R$ 950 mil. Essa verba já estaria reservada, segundo o prefeito, aguardando apenas a parte federal. Ele torce para que as condições climáticas ajudem para que as obras sejam concluídas até dezembro,

    Marun disse que um dos entraves para o prosseguimento das benfeitorias é a paralisação da duplicação da BR-163, responsabilidade da concessionária CCR MSvia. O ministro explicou que tem reunião, na próxima terça (18), na ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para tentar resolver o imbróglio.

    Obras

    Segundo a prefeitura, atualmente estão concluindo o último trecho do macroanel rodoviário, na ligação de 24 quilômetros entre as saídas para Rochedo (MS-080) e de Cuiabá (BR-163).

    O serviço foi interrompido há quatro anos, quando 87,30% da terraplanagem tinha sido concluída; 63,55% da pavimentação e 72,97% da drenagem, além de terem sido concluídas as duas pontes planejadas (sobre os córregos Botas e Ceroula).

    Entre a MS-080 (saída para Rochedo) e a MS-10 (saída para Rochedinho), 12 quilômetros estão prontos, falta asfaltar apenas 700 metros. O trecho seguinte, entre a MS-10 e BR-163, tem 2,5 quilômetros asfaltados e falta concluir seis quilômetros.

    Fonte: Midiamax
    Por: Richelieu Pereira


    Imprimir