Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    16/08/2018

    ELEIÇÕES 2018| PRB indica Vereador Gilmar para concorrer ao senado pela coligação esperança e mudança

    Divulgação
    Na manhã desta quinta-feira (16), o presidente do PRB estadual anunciou oficialmente a indicação do vereador Gilmar da Cruz para concorrer a vaga no senado federal pela coligação esperança e mudança, encabeçada pelo Juiz Odilon de Oliveira, composta pelos partidos PDT, PRB e Podemos. 

    Após desistência de candidatura do Senador Pedro Chaves, a executiva do partido iniciou as tratativas para a indicação de outro nome, entre eles estavam os vereadores Gilmar, Betinho e o Coronel Isaias Bittencourt, porém por ser 1º suplente do Pedro Chaves, o nome escolhido foi o de Gilmar da Cruz. 

    Segundo o presidente, a candidatura será registrada no TRE nas próximas horas. 

    “Para mim é uma honra ser indicado pelo meu partido, sou partidário e sempre disse que acataria a melhor decisão. Estou pronto para encarar o desafio”, afirmou Gilmar. 

    Quem é Gilmar da Cruz? 

    Gilmar Neri de Souza do Partido Republicano Brasileiro (PRB) nasceu no dia 16 de junho de 1968, em Poá (SP), casado com Cintia Ferraz Berbis de Souza há 21 anos, sempre buscou ajudar o próximo, aos 24 anos de idade, deixou sua profissão de extrusor para seguir carreira missionária como pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, passando por missões em Minas Gerais, São Paulo e África do Sul, Moçambique. 

    Chegando a Mato Grosso do Sul, dedicou-se, além do trabalho missionário, à projetos sociais, evidenciando assim sua identificação com a política. Foi eleito vereador pela primeira vez em 2012, assumindo o quadriênio 2013-2016. E em seu segundo mandato em Campo Grande, foi o 4º vereador eleito, com 5.419 votos. 

    Vereador Gilmar da Cruz, como é conhecido, desenvolveu seu mandato tendo como base 4 (quatro) princípios: os Valores da Família, Sustentabilidade, Juventude e Direitos do Cidadão. Atualmente, preside a Comissão Permanente de Meio Ambiente da Câmara Municipal, e participa como membro efetivo das Comissões Permanentes de Defesa do Consumidor, Cidadania, Direito Humanos e Proteção à Mulher. 


    Fonte: ASSECOM
    Por: Heloísa Trindade


    Imprimir