Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/07/2018

    TRÊS LAGOAS| Ordem de serviço para reforma do CRASE “Coração de Mãe” é assinada

    Obra já está em execução e é uma das ações do “Cidade em Obras”

    ©Divulgação
    Foi dada hoje (13), a ordem de serviço para a reforma do Crase (Centro de Referência de Assistência Social e Educacional) “Coração de Mãe”. A obra, que já teve início, faz parte do programa “Cidade em Obras”, e terá um investimento de R$ 1,5 milhão de recursos próprios do Município. Essa é mais uma obra em execução, de um programa com um total de mais de R$ 70 milhões.

    Durante a assinatura da ordem de serviço, o prefeito Ângelo Guerreiro afirmou que esse investimento foi pensado para atender às necessidades das pessoas que utilizam o Crase. “Não me importo em fazer apenas o que as pessoas conseguem ver, iremos sim asfaltar muitas vias na cidade, mas esses lugares como o Crase precisam urgentemente de reformas, mesmo que a população não veja o que está sendo feito aqui dentro”, afirmou Guerreiro.

    A secretária de Assistência Social, Vera Helena ressaltou que “esse é um trabalho de união entre todos os servidores, coordenadores, diretores, secretários e o prefeito, que sabem da importância dos nossos programas sociais, e agora teremos a melhoria da estrutura de mais um prédio. Aqui atendemos 1.400 crianças que serão beneficiadas com a reforma”.

    Serão reformados todos os banheiros do local, que se encontram em situação precária para o uso das crianças, diversas salas terão reformas no piso, outras no teto, além da pintura geral e reforma nas quadras, que precisam de nivelamento. Todas as repartições terão os devidos reparos necessários.

    A coordenadora do Crase, Nilse Figueiredo, agradeceu a reforma que acontecerá pela primeira vez em 9 anos de funcionamento do local, “só tenho a agradecer aos responsáveis por essa gestão, porque estamos recebendo uma benção hoje, com essa ordem de serviço que esperamos há anos. Atendemos diariamente 1.400 crianças que precisam de boas condições para a utilização do nosso centro”.

    RECURSOS

    O Programa terá obras com recursos próprios do Município, o montante de quase R$ 70 milhões em obras, conta com recursos de convênios, de contrapartida do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e do Governo Federal.

    São recursos de Emendas Parlamentares dos deputados federais e, notadamente, dos senadores por Mato Grosso do Sul, Simone Tebet, Pedro Chaves e Waldemir Moka; e também do deputado estadual Eduardo Rocha, que anunciou na solenidade recursos de R$ 500 mil de Emenda Parlamentar, “conquistada com o apoio do governador Reinaldo Azambuja”, disse Eduardo Rocha.







    ASSECOM


    Imprimir