Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/05/2018

    PRF apreende mais de duas toneladas de droga na BR-463 em Ponta Porã/ MS

    ©Divulgação/PRF
    No início da manhã deste sábado, 19 de maio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreende mais de 1.900kg de maconha e 300kg de skunk na BR-463.

    A equipe fazia uma fiscalização de rotina na Unidade Operacional (km 68) quando foi abordado um caminhão baú, marca M.Benz/L1113 com placas Osasco/SP, conduzido por um homem de 57 anos. 

    O homem informou que o veículo era alugado para trabalhar, uma vez que era egresso do sistema prisional pelo crime de homicídio, cometido em 2006 e não conseguia emprego. Ele disse ainda que foi até a cidade de Ponta Porã/MS na última segunda-feira, levando uma mudança de São Paulo/SP e que permanecera na cidade até hoje procurando frete para retorno. Não encontrando adquiriu alguns palets e caixas de madeira para vender em sua cidade. 

    Desconfiados de que o motorista transportava algum ilícito ele foi novamente questionado sobre a viagem, momento que ficou bastante nervoso e inquieto.

    De repente o homem sai correndo em direção ao fundo da Unidade Operacional para fugir sendo imediatamente alcançado pelos policiais, momento em que o condutor tentou pegar a arma do policial, o PRF disparou uma única vez, atingindo-lhe uma perna. O que possibilitou a imobilização e a apreensão do agressor, que foi prontamente socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Ponta Porã.

    Em buscas ao interior do baú do caminhão, sob os palets e as caixas de madeira, foram localizados vários fardos de maconha e skunk, que estavam encobertos por uma lona plástica preta. A maconha totalizou 1.911 kg ( mil novecentos e onze quilos) e o skunk 300kg (trezentos quilos).

    Questionado sobre a droga, o condutor disse que foi contratado para pegar a maconha no Paraguai e que a levar até São Paulo/SP, onde entregaria para uma pessoa que o procuraria e efetuaria o pagamento pelo tranaporte.

    A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal em Ponta Porã/MS.

    ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS