Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/05/2018

    Mauricio Saito lança programa Granja Plus e participa da cerimônia de comemoração dos 25 anos da Asumas

    ©Divulgação
    O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, lançou nessa sexta-feira (18), durante a 54ª Expoagro, feira agropecuária de Dourados, o programa Granja Plus, iniciativa do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O evento aconteceu paralelo ao 2º Fórum de Desenvolvimento da Suinocultura do MS.

    “Mato Grosso do Sul é o melhor lugar para expansão de suínos e aves. Na logística, estamos próximos dos grandes centros de consumo dentro do Brasil; temos relevância na atuação dos principais players do mercado nacional, além da matéria-prima de qualidade para a produção. É com essa projeção que o Granja Plus chega, para possibilitar melhoria em todos os pontos do negócio, que vai de gestão e manejo e alcança a comercialização e a sustentabilidade”, destacou Mauricio Saito.

    Após o lançamento, Saito prestigiou a cerimônia de comemoração dos 25 anos da Asumas. O presidente da Asumas – Associação Sul-mato-grossense de Suinocultores, Celso Philippi, falou da trajetória da entidade. “É com muita alegria que estou aqui, comemorando bodas de prata dessa Associação que nasceu em 1993, coincidentemente no município de Dourados, neste mesmo parque de exposições. Na época, existia a necessidade da organização do setor de se unir e ter mais força representativa. A pujança da cadeia faz com que vejamos horizontes em um futuro bem próximo”.

    Também participou do evento, o presidente do Imasul – Instituto de Meio Ambiente de MS, Ricardo Eboli. “O Novo modelo de licenciamento das granjas, implantado pelo Instituto, surgiu a partir de uma demanda do segmento e atende a diminuição dos custos, que era um desafio para suinocultura. Temos obrigação de promover uma cultura do desenvolvimento da suinocultura no estado”

    Para o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damália, a representatividade é fator determinante no desenvolvimento da cadeia. “O produtor vê com bons olhos a vontade das entidades em defender os interesses da classe e ampliar, ainda mais, a tecnologia no campo. A Associação tem mostrado a importância da produtividade, no atendimento a um mercado com elevado nível de exigência”.

    O secretário de estado da Semagro, Jaime Verruck, destacou o nível alcançado pelos suinocultores. “Os produtores sul-mato-grossenses chegaram no melhor patamar de produtividade do país. Isso é eficiência”.

    Fonte: Assessoria de Comunicação – Sistema Famasul
    Por: Ellen Albuquerque / Ana Brito


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS