Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    31/01/2018

    Pesque-solte está liberado a partir desta quinta-feira no Rio Paraguai

    A fiscalização é para evitar que a pessoa pesque e fique com o peixe, o que acarreta em pesca predatória.

    Rio Paraguai terá reforço de fiscalização a partir desta quinta-feira (Foto:Divulgação/PMA)
    Ainda no período da piracema, nesta quinta-feira (1º) começa a pesca no estilo pesque-solte no leito do rio Paraguai, por isso as fiscalizações serão reforçadas pela Polícia Militar Ambiental. O trabalho também é intensificado na divisa com o estado Mato Grosso, inclusive, no entorno do Parque Nacional do Pantanal.

    A fiscalização acontece para evitar que durante a modalidade pesque-solte (que é permitida) o pescador se mantenha com o peixe. Caso isso aconteça a pessoa é presa por pesca predatória.

    Conforme a PMA, como estratégia o policiamento será reforçado nas cidades de Corumbá e Porto Murtinho na calha do rio Paraguai e principalmente na fronteira com o Paraguai e Bolívia.

    Além do pesque-solte, a única pesca permitida nessa época na bacia do rio Paraguai e nos rios do estado é a pesca de subsistência (para manutenção de vida). Apenas os ribeirinhos podem fazer essa pesca e mesmo assim ele pode capturar 3 quilos ou um exemplar, respeitando as medidas permitidas.

    A polícia ainda alerta e lembra que a pesca continua fechada até o dia 28 de fevereiro. Para esse crime, se condenada, a pessoa pode pegar pena de um a três anos de detenção, além de ter todo o material utilizado apreendido e também de pagar multa que varia de R$ 700 a R$100 mil.

    Fonte: campograndenews
    por: Mirian Machado


    Imprimir