Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/12/2017

    Estudante de medicina é morta e namorado suspeito tenta forjar suicídio

    Namorado é o principal suspeito

    © Reprodução
    Uma estudante de medicina de 30 anos foi morta na manhã desta segunda-feira (18), em uma casa do Bairro Guarani, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã. Para despistar, o suspeito tentou forjar a cena do crime para que a morte parecesse suicídio, no entanto, equipe de investigação da polícia paraguaia afastou a possibilidade.

    De acordo com informações do site Porã News, quando moradores acionaram a polícia, comunicaram sobre um suicídio, já que uma corda foi amarrada na parte superior de uma varanda e no pescoço da universitária, identificada como Kelly Cristina Gonçalves Cardoso.

    Um banco também foi colocado próximo ao corpo. Com a chegada da polícia, peritos constataram que o caso tratava-se de um homicídio.

    Até o momento, o namorado da vítima é o principal suspeito pelo crime. Kelly já havia registrado diversas denúncias de violência contra o companheiro e na noite anterior, os dois teriam discutido.
    © Reprodução
    © poranews

    Fonte: Midiamax


    Imprimir