Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    20/12/2017

    Adolescente baleado por empresário recebe alta, mas comparsa continua internado

    Empresário continua preso no Garras por lesão corporal e porte de arma


    Adolescentes são baleados por empresário após invadirem produtora © Ilustração
    O adolescente de 15 anos que teria invadido uma produtora de vídeo - que fica no centro de Campo Grande - na noite desta terça-feira (19) já recebeu alta da Santa Casa. O menor levou um tiro na perna esquerda, que foi efetuado pelo dono da empresa. O comparsa dele, de 16 anos, continua internado na ala vermelha da unidade.

    De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o menor infrator saiu da unidade sob escolta e policiais também fazem a vigia do que continua internado. O adolescente foi atingido pelo dono da produtora de vídeos e o tiro atingiu as costas.

    Conforme a Santa Casa, o menor está consciente, orientado e a equipe médica aguarda resultado de exames para verificar a necessidade de cirurgia.

    O empresário continua preso na Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestros (Garras) por lesão corporal e porte ilegal de arma de fogo. De acordo com o advogado, Thiago Amorim, a defesa já ingressou com pedido de liberdade provisória.

    “Ainda não sabemos se os menores foram ouvidos e o que eles alegaram, mas vamos continuar destacando que ele (o empresário) agiu para se proteger de uma agressão. Atirou em direção dos menores, mas sem a intenção de acertar ou matar. Ele queria espantar”, destacou.

    CASO

    Os dois adolescentes, de 15 e 16 anos, foram baleados na noite de ontem após invadirem uma produtora. Quem atirou foi o proprietário da empresa, de 28 anos, que acabou preso por lesão corporal e porte de ilegal de arma de fogo.

    Segundo informações da Polícia Civil, o caso aconteceu por volta de 23h30 na Rua Alberto Neder, quando o empresário foi avisado pelo celular que o alarme da empresa tinha disparado. Ele pegou uma pistola .380 e, depois de ver as imagens das câmeras de segurança, foi atrás dos adolescentes.

    Um dos infratores fez menção de estar armado e acabou baleado pelo empresário na frente da produtora. O outro garoto também foi atingido. Feridos, eles fugiram a pé.

    Um dos adolescentes estava com machucado na coxa esquerda e pediu ajuda em um bar e outro foi socorrido por um casal. Eles disseram que foram assaltados e foram levados para a Santa Casa. Nenhum deles corre risco de morte.

    A Polícia Militar também foi acionada e recebeu informações que havia ocorrido um furto na região. Os militares encontraram o empresário e foram informados sobre a invasão na produtora.

    O homem foi levado para a delegacia e acabou preso em flagrante. Aos policiais, ele contou ter disparado seis vezes.

    De acordo com o delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro, o caso não foi registrado como legítima defesa porque só há a versão do empresário. "Ele atirou para assustar porque ficou assustado também", analisou o delegado.

    A PM também conversou com os adolescentes no hospital. Eles negaram que tivessem entrado na produtora para furtar.

    Com um deles foi encontrado celular com ocorrência de furto. Eles vão responder por ato infracional análogo a furto qualificado e receptação.

    Fonte: CE
    Por: YARIMA MECCHI, MARESSA MENDONÇA E BRUNA AQUINO


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS