Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/05/2018

    Aurélio Miranda e Tostão e Guarany sobem ao palco para show memorável no Fasp


    Para relembrar os bons tempos dos grandes festivais, nada melhor do que se apresentar em um festival de tamanha envergadura como o América do Sul Pantanal. Os artistas irão se apresentar no domingo (27.5), às 20h, na praça Generoso Ponce. Memórias é um show que promete entregar o que há de melhor no repertório da genuína música sertaneja de Mato Grosso do Sul e que celebra esse momento da vida dos sertanejos.

    A história da arte regional não pode ser contada sem mencionar a dupla Tostão e Guarany, considerada um dos melhores duetos nacionais e, Aurélio Miranda, ícone da viola caipira, com mais de 300 composições. A trajetória dos artistas se converge em vários momentos ao longo de mais de 35 anos de carreira.

    Na década de 70, Cruzeiro (Aurélio Miranda) e Tostão, em seguida Cruzeiro, Tostão e Centavo. Na década de 80, Miranda segue carreira solo e Tostão une-se a Guarany.

    Cantor, compositor e reconhecido instrumentista da viola caipira, Aurélio Miranda participou de muitos festivais, nos quais sempre foi vencedor. Conquistou o público em um deles, com a sua música de maior sucesso: Estrada de Chão. Dentre vários prêmios, em 2003 recebeu o título na Festa de Peão de Barretos, como compositor da melhor música de viola do País. Já gravou sete obras musicais, entre elas, um DVD com maior parte de seus sucessos, em comemoração aos seus 40 anos de carreira.

    Já a dupla Tostão e Guarany foi formada no final do ano de 1982 e neste mesmo ano foi gravado o primeiro Compacto Duplo. De lá pra cá, já representaram Mato Grosso do Sul nos quatro cantos do Brasil. Gravaram diversas obras de destaque inclusive, um DVD que contemplou não só as músicas conhecidas na carreira, como também, contou com a participação de diversos ícones regionais.

    Tostão e Guarany já se apresentaram ao lado de artistas como: Tonico e Tinoco, Chitãozinho e Xororó, Christian e Ralf, João Mineiro e Marciano, Almir Sater, Milionário e José Rico, Matogrosso e Mathias, Leandro e Leonardo, Trio Parada Dura, Luiz Airão, Renato Borguette, Alceu Valença, Emilinha Borba, entre outros.

    Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS)

    Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
    Foto: Festival América do Sul Pantanal (Fasp)


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS