Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/03/2018

    Quadrilha de roubo de carros é presa após perseguição e tiros em ruas de Campo Grande

    Sete pessoas foram presas em bairros de Campo Grande

    © Divulgação
    Uma quadrilha especializada em roubo de carros que eram levados à Bolívia e ao Paraguai foi presa nesta quarta-feira (14) pelo 19º BPM do Choque, após uma perseguição com tiros em pneus por ruas de Campo Grande.

    Foram presos, Allex Lopes da Fonseca, 24, Rafael Trajano da Silva Kanashiro, 27, Eder Gabriel Amorin Gonçalves, 18, Everton Alberto Galvão Freitas, 31, Jonatan Kennedy de Matos, 23, Douglas de Souza Fernandes, 20 e Willian Barbosa de 18 anos.

    Após o roubo de um carro de passeio na área central de Campo Grande, com o uso de arma de fogo, os policiais foram para o Bairro Itamaracá, por causa dos frequentes roubos que vêm ocorrendo no local.

    Por volta das 4 horas da manhã desta quarta, os policiais flagraram Everton e Rafael colocando gasolina em dois carros, um Fiat Punto e um Hyundai HB-20. Everton então entrou no HB-20 e Rafael no Fiat Punto. Ao saírem, de acordo com a polícia, foi dada ordem de parada, porém ambos não obedeceram e fugiram.

    Foram efetuados então, quatro tiros contra os pneus traseiros do HB-20. Ainda segundo a polícia, o autor então desceu do veículo e se entregou. Já Rafael, continuou em fuga com o Fiat Punto que também teve os pneus atingidos por tiros. Ele então perdeu o controle do carro que bateu em um poste de energia na região do Itamaracá. Após serem presos, ambos disseram que os carros seriam levados à Bolívia.

    Posteriormente, já com a dupla presa, os policiais também prenderam outros envolvidos com a quadrilha. Allex e Eder foram encontrados em uma casa no Itamaracá, onde também foi apreendido mais de 300 gramas de maconha.

    Depois, Jonathan foi detido em uma casa no Bairro Estrela Dalva. Segundo a polícia, ele tem participação direta no roubo do HB-20.

    Na sequência com as informações dos presos, o Choque deslocou-se até a chácara das mansões, onde foram presos Willian Barbosa e Douglas de Souza Fernandes. Eles eram quem guardavam os veículos roubados para que fossem despachados a países vizinhos.

    Na chácara que é de propriedade da mãe de Douglas, também foi encontrado um GM Celta roubado em fevereiro. Willian e Douglas disseram à polícia, que pelo local já passou outro um HB20 roubado, que já foi levado para a Bolívia.

    Allex, Rafael, Everton e Jonathan responderão por roubo, receptação, associação criminosa. Já Wllian e Douglas por receptação e associação criminosa e Eder por posse de entorpecente.Todos foram encaminhados e entregues na Depac Piratininga.

    Fonte: Midiamax
    Por: Diego Alves


    Imprimir