Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/03/2018

    Empresário e político de Ponta Porã é executado a tiros nesta madrugada

    Empresário do ramo de turismo e político ponta-poranense é executado a tiros na frente da família por pistoleiros que invadiram a residência da vitima na fronteira.

    © Divulgação/Arquivo 
    O empresário e político Evaldo Pavão Senger, 54 anos, conhecido como “China Tur”, foi executado a tiros em casa na frente da família, na madrugada desta sexta-feira (23), no cruzamento das ruas Sete de Setembro com a Intendente Eliodoro Alves Salgueiro, no Bairro Santa Isabel, em Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande. Há dois anos, no dia 26 de março, a vítima já havia sofrido ataque de pistoleiros.
    © Divulgação
    Conforme o site Porã News, por volta das 3h, Evaldo escutou barulho, saiu do quarto e acendeu a luz da sala, quando foi surpreendido e atingido a tiros de pistola 9 milímetros por dois pistoleiros de máscaras que haviam entrado no imóvel pulando o muro.

    A família de Evaldo conseguiu se esconder em um dos cômodos da residência e acionar a Polícia Militar. Porém, os pistoleiros conseguiram escapar em um veículo e ainda não foram identificados nem localizados. O empresário morreu no local. A polícia investiga o que teria motivado o crime.

    Evaldo era proprietário da empresa “China Tur” e já tinha sofrido tentativa de homicídio em 2016, quando era candidato a prefeito da cidade pelo PSL (Partido Liberal Socialista). Na época, ele reagiu ao ataque e os pistoleiros acabaram fugindo. No local há câmeras de segurança e as imagens podem auxiliar a polícia nas investigações.

    Fonte: PoraNews


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS