Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/03/2018

    Chefe de quadrilha que sequestrava vítimas durante roubos é presa no Caiobá

    © Divulgação 
    Apontada como a “mentora” da quadrilha especializada em roubo de carros na Capital, Vera Lucia Ofmestre da Costa, de 58 anos, foi presa esta tarde (27) no Bairro Caiobá em Campo Grande. A mulher estava foragida desde roubo no último dia 17 de fevereiro, após roubo em que o casal Maria Eduarda Façanho Leão, 21 anos e Eduardo Marques Rocha, 26 anos, também foi mantido reféns pelos bandidos, por um dos crimes arquitetados pela suspeita.

    Foram cerca de dez dias de buscas até que os investigadores da DEFURV (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) juntamente com a PM (Polícia Militar) encontraram Vera, nesta tarde. Ela será apresentada amanhã (28) na sede da delegacia na Capital.

    Sequestro - Maria e Eduardo foram abordados por três homens enquanto chegavam na residência do casal, pela Rua dos Barbosas, no Amambaí, por volta das 23h. Os bandidos bateram no vidro do carro com uma arma, fizeram as vítimas abrirem o veículo e os levaram para um cativeiro, onde permaneceram na mira dos criminosos até às 8 horas da manhã do dia seguinte.

    No cativeiro eles foram amarrados com fitas, o tempo todo sobre a mira dos autores. De acordo com a investigação Jonatan Kennedy Silva de Matos, 23 anos, e Allex Lopes da Fonseca, 24 anos foram os autores que abordaram as vítimas.

    Depois, Winnyston Matheus de Araujo Bispo, 18 anos, Allex e Jonatan permaneceram com as vítimas no cárcere. Em seguida Jonatam e Vera Lucia utilizaram os cartões de crédito das vítimas para fazer compras enquanto elas estavam no cativeiro, sendo que Daniel Lara Brant, 21 anos, seria o responsável levar o veículo roubado até a Bolívia, onde já teria comprador.

    Apenas Vera estava foragido pelo crime. Daniel Lara Brant, Jonatan Kennedy Silva de Matos, Winnyston Matheus de Araujo Bispo e Allex Lopes da Fonseca também já se encontram presos.

    O grupo - A quadrilha era acompanhada pela Defurv há pelo menos dois meses até serem presos. Eles acabaram “caindo” em flagrante feito por policiais militares do Batalhão de Choque, após perseguição pela avenida Guaicurus.

    Também estão presos os envolvidos Rafael Trajano da Silva Kanashiro, 27 anos, Eder Gabriel Amorim Gonçalves, 18 anos, Everton Alberto Galvão Freitas, 31 anos, Douglas de Souza Fernandes, 20 anos.

    Conforme a Polícia Civil, eles agiam sob ordens de dentro do presídio. O comando era passado a Vera Lucia Ofmestre da Costa, 58 anos, responsável por arquitetar os crimes. As vítimas eram escolhidas aleatoriamente. Depois de sequestrados, os reféns eram obrigados a passar as senhas dos cartões de crédito aos bandidos.

    A polícia também investiga quem são os mandantes dos crimes de dentro do presídio.
    © Divulgação

    Fonte: campograndenews
    Por: Adriano Fernandes


    Imprimir