Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    09/03/2018

    Carreta da Justiça chega em Aral Moreira na próxima segunda-feira

    A carreta tem a estrutura de um pequeno fórum e leva os mais variados serviços judiciários à cidades mais afastadas dos grandes centros do Estado © Divulgação TJM
    Depois de uma semana estacionada em Antônio João – cidade a 279 quilômetros da Capital-, a Carreta da Justiça encerrou hoje (09), os atendimentos à população do município. E o serviço mais utilizado pelos cidadãos foi o de união estável e conversão em casamento, que alcançou 72 pessoas. Em compensação houveram oito pedidos de divórcios.

    Nesta última semana de atendimento pela cidade 458 pessoas passaram pela carreta. Neste contexto, também houve aumento no número de processos abertos se comparado ao ano passado. Foram 91 processos, enquanto em 2017 o número foi de 82. 

    A procura por fixação de alimentos, guarda e regulamentação de visitas manteve a média de 11 atendimentos. Houve um pedido de cobrança. Os trabalhos na Carreta da Justiça tem supervisão do juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira.

    Próximo destino - A próxima comarca a receber os serviços da Carreta será Aral Moreira, de 12 a 16 de março. Em abril, terão os atendimentos da unidade móvel Coronel Sapucaia (02 a 06/04), Paranhos (09 a 13/04) e Tacuru (16 a 20/04).

    A Carreta da Justiça é unidade móvel do Poder Judiciário de MS que leva os mais variados serviços judiciários à cidades mais afastadas dos grandes centros do Estado. A carreta tem a estrutura de um pequeno fórum, com gabinete para o juiz, salas para Defensoria Pública e Ministério Público, recepção, espaço para advogado, além de copa e banheiros.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Adriano Fernandes


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS