Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    10/03/2018

    Ação Cidadania atrai 2,2 mil pessoas e faz quase 4 mil atendimentos em Terenos

    © Divulgação
    Realizada neste sábado (10/03) pelo Sesi, em parceria com a TV Morena e apoio da Prefeitura de Terenos, a Ação Cidadania atraiu 2.279 pessoas e realizou 3.966 atendimentos nas áreas de saúde, educação, cidadania e lazer. O evento, que começou às 8 horas e terminou às 15 horas, na Praça de Eventos, localizada na Rua Pedro Celestino, no Bairro Vila Ferreira, ofereceu à população atendimento médico, odontológico, mamografias, coleta de preventivos, corte de cabelo, emissão de primeira via de RG, entre outros serviços totalmente gratuitos, bem como o sorteio de 20 bicicletas para o Sesi.
    © Divulgação
    Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, devido às particularidades da cidade, foi essencial levar os atendimentos gratuitos na área de saúde, educação e cidadania aos moradores de Terenos. “Levamos a Ação Cidadania para o interior, algo que deu muito certo no ano passado, e temos realizado o sonho de muita gente porque estamos proporcionando soluções para um problema que é crônico no dia a dia das pessoas, como conseguir uma consulta médica ou ir ao dentista”, declarou.

    Conforme dados da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Terenos é, proporcionalmente, a cidade de Mato Grosso do Sul com o maior número de assentados e conta com dez assentamentos onde vivem mais de 3 mil pessoas, situação que dificulta ainda mais o acesso da população a serviços públicos. Para o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, a Ação Cidadania é uma forma de desenvolver o aspecto social das ações do Sistema Indústria voltadas para a população. “A parceria do Sesi com a TV Morena e a Prefeitura permite ampliar o leque de iniciativas que realizamos não somente para a indústria, mas para o público em geral”, afirmou.
    © Divulgação 
    Já o diretor-executivo da TV Morena, Nicomedes Filho, salientou que a iniciativa tem como objetivo dar voz à população. “Em todas as edições esperamos que o público presente tenha seus anseios atendidos, nem que seja por somente um dia”, destacou. O prefeito Donizete Barraco lembrou que Terenos já sediou uma edição do Ação Cidadania quando ele ainda não era gestor da cidade e, desde que assumiu a prefeitura, almejava que a iniciativa retornasse à cidade. “Era um sonho nosso que pudéssemos contribuir com a realização do Ação Cidadania e, agora que isso se concretizou, estamos muitos felizes por ver a população de Terenos comparecendo em peso e satisfeita com os serviços oferecidos gratuitamente”, pontuou.

    Repercussão

    Presente ao evento, a deputada federal Tereza Cristina lembrou que, apesar da proximidade com a Capital, moradores da zona rural de Terenos enfrentam dificuldades para alcançar serviços simples, como a emissão de um documento pessoal. “Sabemos que, infelizmente, ter acesso aos serviços de responsabilidade de órgãos públicos não é algo fácil nem mesmo para quem vive na cidade, que dirá para quem mora em fazendas. Muitos que vêm ao Ação Cidadania conseguem pela primeira vez uma orientação jurídica, por exemplo, fazer uma consulta, cortar o cabelo depois de muito tempo. É por este motivo que esta iniciativa da Fiems e do Sesi é tão importante para as cidades do nosso Estado”, disse.

    Para o titular da Semagro, Jaime Verruck, esta iniciativa do empresariado, representado pela Fiems, já se consolidou no Estado e é esperada nas cidades onde é anunciada. “A Ação Cidadania é vista pelas pessoas como a oportunidade de estarem mais próximas de serviços a que normalmente não teriam acesso com tanta facilidade”, pontuou. Na avaliação do presidente do TRT-MS (Tribunal Regional do Trabalho), desembargador João de Deus, os serviços voltados para o trabalhador reforçam o papel da instituição junto ao cidadão. “O TRT está presente com atendimentos em geral, consulta jurídica e ouvidoria, e é uma forma de aproximar o tribunal da população e informar os serviços que rotineiramente disponibilizamos”, afirmou.

    O diretor-corporativo da Fiems, Claudio Jacinto Alves, ressaltou que o poder público tem muito a aprender com a gestão da iniciativa privada. “Quando vemos a população comparecer em peso a um evento como o Ação Cidadania, no qual o Sistema Indústria disponibiliza consultas médicas, odontológicas, emissão de documentos, e tudo de forma ágil, fica claro que há deficiências na gestão pública, e que um pode aprender muito como melhorar com o outro”, exemplificou.

    Para o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, é sempre importante participar de eventos que aproximam o público da instituição. “É sempre uma grande oportunidade estar participando das ações cidadanias e pela proximidade com as comunidades locais, levando a qualificação e formação profissional para a população”, disse. O superintendente do IEL, José Fernando do Amaral, acrescentou que o instituto também é sempre parceiro de iniciativas como o Ação Cidadania. “O IEL está fazendo o cadastramento para programa de estágio e aceitando currículo para nosso banco de empregos, o que vai de encontro ao que a população espera em muitos aspectos”, finalizou.

    População

    Com público essencialmente da zona rural, os presentes aproveitaram o Ação Cidadania para fazer consultas médicas. Moradora do assentamento São Pedro do Sul, a dona de casa Juliana Oliveira Gama, 29 anos, comentou que a população de Terenos dificilmente tem acesso a atendimento oftalmológico. “A a ação é muito boa para a população da cidade e traz diversas oportunidades. Tipo oftalmologia é bem difícil por aqui”, contou.

    “Estou achando o atendimento muito bom. Vim para cortar o cabelo e fazer outros procedimentos, esse tipo de oportunidade ajuda as pessoas carentes”, opinou o aposentado Lourenço Camargo, 76 anos. “Viemos pelo atendimento médico, minha esposa veio extrair o dente. Fomos bem recepcionados e estamos achando o atendimento muito bom. Esse projeto é excelente e favorece principalmente para a população da área rural, que é mais carente por aqui”, disse o agricultor Nelson dos santos Souza, 55 anos, que foi acompanhado da esposa Angelita Benitez Paiva, 41 anos.

    O agricultor familiar Carlos Insernhagen acrescentou já ter participado de mais de uma edição do Ação Cidadania, e inclusive já foi contemplado com uma das bicicletas que tradicionalmente são sorteadas pelo Sesi durante o evento. “Vim para consultar o oftalmologista e prestar outros atendimentos também, como cortar o cabelo e a barba. Acho uma ação fantástica, venho todas as vezes que tem, e essa é a terceira vez, já ganhei até bicicleta. Aproveito bastante dos serviços oferecidos, gosto muito da ação e a minha família também”, finalizou.
    © Divulgação
    Fonte: ASSECOM


    Imprimir