Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/02/2018

    PONTA PORÃ LINHA DO TEMPO| Retratos de uma história. Batalha de Cerro Corá, Paraguay

    Local histórico do desfecho da Guerra da Tríplice Aliança ou Guerra Guaçu. Travou-se em 1º de março 1870 na cordilheira ao norte do Paraguai Certo Corá

    Morte de Francisco Solano López no rio Aquidabán, Batalha do Cerro Corá. Data 1870 Fonte Mitre, Iconografias Argentinas, Museo Roca, 2009, p.44 Autor Adolfo Methfessel (morreu em 1909)
    Solano Lopez buscava um ponto estratégico, pois estava em desvantagem numérica, as cordilheiras no ponto elevado seria estratégico, tinha como barreira natural o Rio Aquidaban e as matas como camuflagem para suas tropas.

    O rio Aquidaban é um curso de agua que nasce na Serra de Amambay, e percorre no sentido leste-oeste, por 250 km através dos departamentos de Amambay e Concepcíon, desembocando no rio Paraguai ao norte da cidade. Faz parte do Rio da Prata. e seus principais afluentes são os rios Trementina e Negla.

    Última batalha de uma guerra que iniciou em 1864 e terminou em 1870, enfrentaram-se, segundo relatos historicos, de um lado, 4.500 soldados aliados e, de outro, 450 soldados leais à Solano Lopez. O fim seria inevitável, mas não sem muita luta e sangue derramado. 

    O local da batalha constitui o Parque Nacional de Cerro Corá, distante cerca de 40 km de Pedro Juan Caballero, capital do Departamento de Amamby fronteira seca com Ponta Porã - Brasil.

    De acordo com pesquisas históricas. Cerro Corá é o local dos últimos momentos de vida do presidente e comandante Marechal Francisco Solano López e seu filho Panchito. Ambos foram sepultados no Cerro Corá, O Filho de Solano López foi morto por soldados na frente de sua mãe, Elisa Alícia Lynch, Lopez morto por Chico Diabo, Sua esposa foi poupada e pode enterrar seu filho é marido no local da batalha. 

    A fronteira de Ponta Porã é um marco de relevância dentro da historiografia da Guerra da Tríplice Aliança, pois o início e fim da Guerra Guaçu se deu na região de Pedro Juan Caballero PY e Ponta Porã BR.


    Pesquisa Yhulds Bueno


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS