Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/02/2018

    André retoma encontros do MDB em Amambai e Ponta Porã

    © Rachid Waqued
    O pré-candidato a governador do MDB, André Puccinelli, retoma na sexta-feira os encontros regionais do programa MS Maior e Melhor, lançado pelo partido para reunir sugestões para a elaboração do Plano de Governo que o partido pretende apresentar na campanha deste ano. Em Amambai, na sexta à noite (02), e Ponta Porã (03), no sábado pela manhã, o MDB vai reunir prefeitos, vereadores, dirigentes e representantes da comunidade para iniciar os debates em torno das principais reivindicações da região.

    “Tenho ouvido muita reclamação sobre a falta de uma política de segurança efetiva e de estimulo ao desenvolvimento da região. Vamos ouvir, vamos debater e, na medida em que nos apontarem o melhor caminho, vamos transformar o sonho em proposta, deixando claro que o futuro do Estado está sendo planejado por todos”, afirma o ex-governador e agora pré-candidato do partido. Segundo André, o MDB está se preparando para uma campanha de propostas, sem ofensas e sem agressões. “Vamos fazer uma campanha limpa, como o cidadão deseja e como sempre fizemos. Temos o que mostrar, temos o que propor. Não precisamos agredir ninguém”, resumiu ele.

    Os encontros regionais do MDB entram agora na segunda etapa. Depois da faixa de fronteira, serão alcançadas ainda as regiões do Pantanal, Bolsão, Grande Dourados e Campo Grande. “Essas reuniões são de lançamento. Vamos continuar mobilizando a sociedade para que apresente suas propostas. Vamos buscar reuniões temáticas com categorias e segmentos como os servidores públicos e as federações”, afirmou ele repetindo que só depois dessa etapa é que o partido vai tratar do lançamento de candidaturas, das alianças e de outras decisões relativas à campanha.

    “Certo é que vamos disputar o Governo do Estado. Teremos candidato e vamos conversar com todos os partidos sobre eventuais alianças, colocando os interesses do Estado acima de tudo”, assegurou Puccinelli.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir