Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/12/2017

    Sol aparece entre nuvens e chove em pontos isolados de MS nesta terça-feira

    Segundo o Inmet, mínima prevista para hoje é de 21°C, enquanto a máxima pode chegar aos 34°C

    Registro do céu em Campo Grande nas primeiras horas do dia © Reprodução
    Tempo úmido e com muito calor em Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (19). A previsão é de pancadas isoladas de chuva para todas as regiões do estado, mas o sol aparece, na maioria das vezes entre nuvens, em todos os municípios.

    A partir de amanhã (20), as pancadas de chuva se intensificam, com previsão de chuva forte para MS. Para hoje, a mínima segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a mínima prevista é de 21°C, enquanto a máxima pode chegar aos 34°C.

    Na Capital, a formação de nuvens carregadas provoca chuva a qualquer hora do dia, podendo ser forte e acompanhada de trovoadas. Os termômetros ficam entorno dos 21°C, com máxima de 31°C.

    O tempo instável e as fortes chuvas que caem na cidade, favorecem a queda de árvores pelos bairros da Capital. Na Rua Pedro Celestino, região central da cidade, uma árvore de médio porte caiu sobre um dos lados da pista, interrompendo o tráfego de veículos em parte da via.

    Apesar da previsão de chuva ao longo do dia, o Aeroporto Internacional de Campo Grande amanheceu aberto normalmente, com todos os voos previstos.

    No sul do estado, mais uma vez a previsão é de tempo instável. Pode chover a qualquer hora em pontos isolados, com longos períodos de céu nublado. Em Dourados a mínima hoje é de 21°C e a máxima não deve passar dos 31°C. Ponta Porã registra mínima de 22°C e máxima de 32°C.

    Chuva também em Ivinhema. Por lá, a temperatura fica entre 22°C e 32°C. No município de Três Lagoas, o calor pode chegar aos 34°C. Assim como nas demais regiões, no norte, pancadas isoladas de chuva a qualquer hora do dia, e temperaturas entre 21°C e 33°C.

    Na região oeste, a chuva não diminui o calor, que pode chegar aos 34°C, com mínima de 23°C.

    Fonte: campograndenews
    Por: Liniker Ribeiro e Geisy Garnes


    Imprimir