Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    20/12/2017

    Família de gerente de banco é sequestrada e mantida em cativeiro

    Bandidos exigiram todo o dinheiro de cofre e caixas eletrônicos

    © Divulgação
    ​A esposa e o filho de um gerente do Banco Bradesco em São Gabriel do Oeste, a 133 km de Campo Grande, foram sequestrados por bandidos na noite desta terça-feira (19) e liberados somente na manhã desta quinta-feira (20) após negociação do Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) da Capital. Como resgate, o grupo exigiu todo o dinheiro dos cofres e caixas eletrônicos da agência.

    Conforme o delegado Fábio Peró, o Garras foi informado sobre o sequestro por volta das 9h desta quinta-feira. Os agentes fizeram contato com o gerente, vítima da extorsão, para primeiras orientações via celular.

    Por volta das 10h40, os negociadores do Garras formados pela Divisão Antissequestro DAS/SP entraram na agência de forma velada com a finalidade de orientar as negociações.

    Em menos de 3h, duas equipes do Garras, com apoio da Polícia Civil de São Gabriel do Oeste e uma de Coxim, as vítimas foram localizadas caminhando em uma estrada vicinal próximo ao local utilizado como um cativeiro.

    Os autores levaram as vítimas para o cativeiro por volta 4h30 e deixaram a residência às 5h30.

    “Tivemos ainda apoio da seção de inteligência do próprio Garras e também da inteligência da polícia Civil. As vítimas não sofreram agressões, não foi pago nenhum valor aos sequestradores, sendo que agora seguimos em busca de imagens para auxiliar na identificação dos veículos utilizados por eles”, disse o delegado.

    O delegado Fábio Peró ressalta que a confiança do gerente na negociação realizada pela equipe do Garrasfoi fundamental para a liberação das vítimas.

    Fonte: Midiamax
    Por: Danielle Valentim


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS