Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sábado, 15 de julho de 2017

    PONTA PORÃ| 105 ANOS: Vereadores de Ponta Porã promovem noite de homenagens

    Com plenário lotado, Câmara Municipal homenageou pessoas ou entidades, que realizam relevantes trabalhos em nosso município © Lécio Aguilera
    A Câmara Municipal de Ponta Porã promoveu na noite de sexta-feira, 14 de julho, sua tradicional sessão solene para a entrega de títulos de honrarias para pessoas ou entidades, que se destacam em suas áreas de atuação e pelos relevantes trabalhos desenvolvidos em nosso município.

    A solenidade teve inicio às 19 horas, e aconteceu no Plenário Isaac Borges Capilé, da Casa Legislativa, onde reuniu autoridades, os familiares e amigos dos 40 homenageados.

    De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, Otaviano Cardoso, os vereadores entregaram três honrarias, o Título de Cidadão Ponta-poranense, Medalha de Mérito Legislativo e Comenda Fronteira de Economia. “A entrega de honrarias segue como determina o artigo 217 do Regimento Interno desta Casa de Leis, sendo concedida para pessoas que contribuem para o fortalecimento de Ponta Porã”, explicou Cardoso.
    Com plenário lotado, Câmara Municipal homenageou pessoas ou entidades, que realizam relevantes trabalhos em nosso município © Lécio Aguilera
    Otaviano Cardoso disse que Ponta Porã não foi planejada, é um município que surgiu juntamente com Pedro Juan Caballero e agora comemora 105 anos. “Nossa Princesinha dos Ervais está completando mais um ano e devemos gratidão a todos que trabalham, produzem, se empenham e apostam sempre para que Ponta Porã cresça cada vez mais”, explanou.

    O presidente da Câmara finalizou agradecendo a presença de todos, incluindo os servidores da casa. “Agradecemos os homenageados por tanta dedicação com nosso município, nossos servidores pelo empenho diário, e nós vereadores vamos continuar trabalhando junto com o Poder Executivo em busca de melhorias para a população. Muito obrigado e parabéns Ponta Porã”, encerrou Otaviano Cardoso.


    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS