Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    05/02/2019

    Deputado Barbosinha requer Audiência Pública para debater aumento da cobrança de tarifa de energia elétrica

    ©DIVULGAÇÃO
    Preocupado com os recentes aumentos nas contas de energia elétrica dos cidadãos sul-mato-grossenses o deputado estadual Barbosinha (DEM-MS) registrou requerimento, na sessão desta terça-feira (5), pedindo a realização de Audiência Pública para discutir o valor pago nas tarifas do serviço em todo o Estado.

    No requerimento, o deputado pede esclarecimentos da Concessionária de Energia Elétrica (Energisa) quanto à complexidade que envolve os cálculos, tarifas e impostos cobrados para compor a fatura do consumidor.

    De acordo com Barbosinha a intenção é possibilitar que a Energisa, a sociedade, a indústria, o comércio e a Assembleia possam compreender os altos valores pagos nos últimos meses nas contas de energia.

    “Queremos, com precisão, trazer este debate para a Assembleia para compreender se esta explicação da empresa é ponderada, deve ser aceita ou, se for o caso, de não termos esclarecimentos, ou não conseguirmos explicações satisfatórias, que esta casa possa caminhar, quem sabe em um futuro próximo a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito [CPI], se detectarmos um fato determinado”, disse Barbosinha ao reforçar o objetivo maior do convite: “Neste momento queremos dialogar, ouvir, cumprir o papel que a Assembleia Legislativa compete, que é exatamente este: de trazer esclarecimentos à população”.

    O deputado já vem ouvindo a diretoria da Concessionária. Recentemente Barbosinha esteve reunido com o presidente da Energisa MS, Marcelo Vinhaes; o gerente de serviços comerciais, Ercilio Diniz e o coordenador comercial, Jonas Ortiz, para tratar deste assunto.

    Nesta reunião os diretores explicaram os motivos do aumento. “Eles disseram que fatores como: consumo recorde de energia, aumento no consumo e a alteração das faixas de ICMS e iluminação pública foram fundamentais para o valor elevado das contas”, contou o deputado após apurar e ouvir a diretoria da Energisa.

    A audiência publica foi prontamente aderida pelos deputados Zé Teixeira (DEM) e Marçal Filho (PSDB) e deve contar com representantes do Governo do Estado, da Energisa, Procon, empresários e sociedade civil organizada. No requerimento a Audiência Pública foi proposta para acontecer no dia 12/03/2019 (terça-feira), no Plenário Deputado Júlio Maia, às 19h. 

    ASSECOM



    Imprimir