Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    08/12/2018

    Para aliados, problemas com ex-assessor é teste de fogo a Bolsonaro

    Políticos próximos ao presidente estão observando a maneira pela qual ele vem lidando com o caso envolvendo o ex-motorista de um de seus filhos

    ©José Cruz/Agência Brasil 
    O episódio envolvendo movimentações financeiras suspeitas por parte do policial Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, vem sendo visto como uma prova de fogo para o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

    Aliados do capitão, segundo a Folha de S. Paulo, têm observado a maneira pela qual ele vem lidando com o caso, tendo em vista que uma de suas principais bandeiras de campanha foi o combate à corrupção.

    Na sexta (7), Bolsonaro alegou ao site O Antagonista que os R$ 24 mil pagos em cheque a sua esposa fizeram parte do abatimento de uma dívida que Queiroz mantinha com ele. Disse também que cortou relações com o ex-assessor do filho até que ele explique as demais movimentações suspeitas às autoridades.

    NAOM



    Imprimir