Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/11/2018

    Chuva fecha aeroporto e força desvio de voo com 198 passageiros

    Piloto sobrevoou Campo Grande por meia hora e arremeteu duas vezes em busca de condições de pouso 

    Mudança no clima deixou o céu nublado na tarde desta quinta-feira em Campo Grande. (Foto: Marcos José Aquino/Direto das Ruas)
    Passageiros de um voo da Gol que decolou do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, rumo a Campo Grande, tiveram de desviar a rota e seguir para Cuiabá (MT), diante da impossibilidade de pouso no Aeroporto Internacional da Capital. A aeronave sobrevoou a cidade por cerca de meia hora e precisou arremeter duas vezes, até que o piloto optasse por seguir até o Estado vizinho.

    “Era para aterrissar às 14h21, horário de Mato Grosso do Sul, mas depois de sobrevoar Campo Grande por cerca de meia hora, arremeter em duas tentativas de aterrissagem e muitas turbulências, o comandante explicou a situação aos passageiros e tomou a decisão de conduzir o voo para Cuiabá para esperar melhores condições de visibilidade em Campo Grande”, contou o jornalista Paulo Nonato de Souza, um dos 198 passageiros do voo 1.490.

    Paulo afirma que a previsão que a equipe da Gol lhe deu é que a aeronave –que aguarda no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, cidade vizinha de Cuiabá – decole rumo a Campo Grande às 17h. “Mas o tempo está fechando aqui também, com vento forte”.

    A partir do fim da manhã, a nebulosidade aumentou em Campo Grande e, pouco antes das 14h, fortes ventos atingiram a cidade, trazendo também chuva. Neste momento, o aeroporto da Capital opera por instrumentos.
    Passageiros de voo da Gol foram alertados sobre necessidade de desvio e aguardam melhora no tempo para chegarem à Capital. (Foto: Paulo Nonato de Souza)

    Fonte: campograndenews
    por: Humberto Marques e Guilherme Henri



    Imprimir