Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/10/2018

    Reinaldo: com atitude vencemos a crise e MS é um dos melhores estados para se viver

    ©Divulgação
    “Tomamos atitudes, vencemos a crise e Mato Grosso do Sul é um dos melhores estados para se viver no Brasil. Diferente do que algumas pessoas dizem, MS é o terceiro estado mais seguro do País, é o segundo em geração positiva de emprego e a quinta economia mais competitiva. Isso a gente fez com muita atitude, responsabilidade e decência”.

    As palavras do governador Reinaldo Azambuja, candidato à reeleição pelo PSDB, marcaram o primeiro debate do segundo turno das eleições 2018 para o Governo de Mato Grosso do Sul. O confronto foi realizado nesta segunda-feira (22), em Campo Grande, pelo Jornal Midiamax, com parcerias com tvs e rádios para retransmissão do evento para todo o MS.
    ©Divulgação
    Reinaldo apresentou balanço de seu primeiro mandato, destacou ações de desenvolvimento e apresentou propostas para o estado continuar se desenvolvendo. “Essa é a oportunidade para o eleitor analisar os perfis dos candidatos, as propostas e as defesas de temas importantes para MS”, afirmou. “Não existe varinha mágica. O que existe é gestão”, completou.

    Segurança

    No embate, Reinaldo revelou investimentos feitos no Departamento de Operações de Fronteira (DOF) da Polícia Militar de MS que derem mais eficiência ao trabalho policial. Ele ainda destacou que o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) conheceu as estruturas do Departamento e quer aplica o mesmo modelo nas divisas do Brasil com outros países.

    Saúde

    Da mesma forma, o governador defendeu a regionalização da saúde. “O adversário fala que ficou no papel, mas quem mora nas cidades sabe como estamos fortalecendo os hospitais”, pontuou. Estão em construção no Estado os hospitais regionais de Dourados e Três Lagoas – obras a todo vapor. Em Corumbá, a Santa Casa passará por reforma e ampliação.

    Educação

    O governador também ressaltou avanços no setor educacional. Entre eles o fato de que MS paga a melhor remuneração de professores do Brasil. Reinaldo ainda falou sobre o compromisso assumido com os administrativos: incorporação do abono salarial e aprovação do plano de cargos e carreiras. “Assim como temos a melhora do Ideb nos três níveis”, falou.

    Transparência

    Reinaldo divulgou ainda o crescimento dos índices de transparência do governo, reconhecida por órgãos de controle como o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU). Antes de Reinaldo, MS tinha a pior nota dos estados: 1,4. Com Reinaldo, o Estado passou a ser avaliado com nota 10. “Isso mostra a lisura de nossas ações”, avaliou.

    Corrupção

    Ele também ressaltou atos de combate à corrupção, como a implantação da Controladoria-Geral do Estado (CGE), da Lei Anticorrupção e do Fundo de Combate à Corrupção (FECC), que é gerido pela CGE para fiscalizar e reprimir a prática de ilícitos relacionados à corrupção. Para ele, essas ações melhoraram a eficiência do Estado e geraram mais confiança na população.

    ASSECOM


    Imprimir