Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/10/2018

    Junior Mochi defende parcerias com instituições para combate ao câncer de mama

    Convênios entre os hospitais de Câncer de Campo Grande e de Barretos reduziriam o tempo de espera das pacientes 

    ©Fernando Ricardo Ientzsch 
    Junior Mochi (MDB), candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, disse nesta segunda-feira (1º), que defende as parcerias entre instituições público-privada para o rápido diagnóstico e prevenção ao câncer de mama. A declaração foi concedida durante o lançamento da Campanha Outubro Rosa, no Hospital de Câncer de Barretos, em Campo Grande. 

    “Diagnóstico precoce e encaminhamento para tratamento”, este foi o primeiro compromisso assumido por Junior Mochi durante a visita ao Hospital. Na ocasião, ele ainda explicou quais serão as instituições que poderão fazer convênios com o governo estadual. “Vamos fazer uma ampla parceria tanto com o Hospital de Câncer de Campo Grande quanto ao Hospital de Câncer de Barreto”.
    ©Fernando Ricardo Ientzsch
    E detalhou como fará para que as mulheres sul-mato-grossenses tenham um diagnóstico mais rápido e preciso. “A ideia é, onde nós não tivermos a possibilidade de ter esse aparelho, usar um meio alternativo. Vamos equipar uma carreta com equipamentos de diagnósticos para que percorra o Estado. Cada uma das sedes de microrregiões para garantir que as mulheres tenham o exame próximo à sua localidade”.
    ©Fernando Ricardo Ientzsch
    No evento, Junior Mochi ainda assumiu o compromisso de realizar um desejo da comunidade douradense. “O apoio às instituições como o Hospital do Amor, como é o Hospital de Câncer de Barretos, será uma grande parceria para possibilitar a construção do hospital deles em Dourados, que é um sonho da comunidade douradense”.

    E as conversas já estão encaminhadas. “Nós já conversamos com o [Henrique] Prata, que o diretor-geral do Hospital de Câncer. Aqui em Mato Grosso do Sul é o Ademar Capuci [diretor-geral no Estado], nós estamos trabalhando com essas parcerias”.

    ASSECOM


    Imprimir