Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/10/2018

    Coluna do Roberto Costa


    DESALENTADOR – Infelizmente, apenas 3,3% dos estudantes brasileiros. querem ser professores. A falta de valorização da categoria não estimula o jovem a se interessar pela profissão. 

    NEUTRALIDADE – Em política é interpretada como “você não me ajuda com ministérios e secretarias, eu não participo da sua campanha no segundo turno das eleições de 2018”. 

    CLUBE DO BOLINHA – A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul não terá representante feminina na próximo legislativa. Está mais do que provado que “mulher não vota em mulher”. 

    MAIORIA (?) – É incompreensível que, em sendo a mulher maioria do eleitorado (52%), não consiga fazer predominar sua força elegendo representantes em todos os cargos. 

    ARTICULAÇÃO – Com retorno do experiente Londres Machado, do PSD, a pergunta que se faz agora é quem tem a honra de assumir a cadeira de presidente da Assembleia Legislativa? 

    ELOGIO I - A Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil manifesta seu profundo respeito ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que, através do seu Órgão Pleno, seguindo o voto do Corregedor Nacional de Justiça Humberto Martins, determinou o afastamento da presidente do TRE-MS, a Desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges. 

    ELOGIO II - O Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche disse que “o CNJ, após profunda análise das provas carreadas, assegurando o contraditório e ampla defesa, adotou uma postura digna de um órgão correcional”. 

    BOLSONARIZOU – Se Jair Bolsonaro dependesse tão somente dos eleitores de Mato Grosso do Sul, a faixa presidencial já teria sido colocada em seu peito. Ele conquistou a simpatia da maioria dos sul-mato-grossenses. 

    MARKETING – Fernando Haddad, nome indicado pelo Partido dos Trabalhadores para enfrentar o candidato do PSL, trocou o vermelho petista pelas cores da bandeira do Brasil. 

    RANKING I - O instituto Ranking divulgou na madrugada do último sábado (13) o resultado da primeira pesquisa do segundo turno da eleição para governador do Mato Grosso do Sul. 

    RANKING II - Os números, na estimulada, apontam Reinaldo Azambuja com 48,50% e Odilon de Oliveira com 40,08%. 

    RANKING III - Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Reinaldo Azambuja (PSDB): 54.75%, enquanto o Juiz Odilon (PDT): 45.25%. 
    ALBERT EINSTEIN“A vida é como andar de bicicleta. Para ter equilíbrio, você tem que se manter em movimento...” 


    Imprimir