Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    04/08/2018

    ELEIÇÕES 2018| “O Estado precisa de uma medida urgente”, declara Harfouche, vice de Simone

    O MDB lançou hoje 27 candidatos a deputado estadual e 14 para Câmara Federal, além Waldemir Moka para Senado

    Simone Tebet discursando ao telefone ao lado do procurador licenciado Sérgio Harfouche (apontando para o alto) (Foto: Marina Pacheco)
    Depois de deixar claro que desistiu de disputar o Governo de Mato Grosso do Sul por imposição do PSC nacional, Sérgio Harfouche garantiu que vai entrar na campanha do MDB para somar. “Nós temos que enfrentar adversários que não podem mais continuar”, afirmou em discurso durante a convenção emedebista neste sábado (4).

    O procurador de justiça licenciado disse que não “negociou valores”, mas que vai contribuir com o que puder para uma campanha vitoriosa. “Posso dar contribuição diferenciada, sem esquecer o que me trouxe aqui, sem negociação de valores e princípios”.

    Harfouche ressaltou ainda que a troca do nome em encabeçará a chapa do MDB também pesou na decisão dele. “Ela tem uma história no Senado que traz orgulho e o Estado precisa de uma medida urgente”.

    A senadora Simone Tebet, que também hoje foi confirmada como candidata ao governo, também comentou sobre a escolha do vice. “Não foi difícil escolher. Harfouche é um homem que não abre mão de suas convicções”.

    A candidata chegou a dizer que durante as negociações rezou para que o procurador aceitasse ficar ao lado dela. “Fizemos uma oração para que ele dissesse sim, é um homem de fé”, disse lembrando que já havia dito em outras entrevistas, porém, que Estado e religião não andam juntos. “Mas fé é importante sim”, completou.

    O MDB lançou hoje 27 candidatos a deputado estadual e 14 para Câmara Federal, além Waldemir Moka para Senado.

    Fonte: campograndenews
    Por: Anahi Zurutuza e Mayara Bueno


    Imprimir