Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    17/08/2018

    ELEIÇÕES 2018| Candidatos do Novo são os primeiros a terem os registros aprovados pelo TRE

    Partido lançou apenas cinco nomes à Câmara dos Deputados, aprovados em convenção no dia 24 de julho

    Novo aprovou lançamento de cinco nomes à Câmara dos Deputados; candidaturas já foram deferidas - Foto: Novo/Divulgação
    Os cinco inscritos pelo Novo para a disputa de vagas na Câmara dos Deputados foram os primeiros candidatos a terem os registros deferidos pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Isso atesta que a documentação dos concorrentes está regular e, desta forma, podem continuar normalmente com suas campanhas. O partido, que debuta nas eleições no Estado, encaminhou a documentação dos concorrentes em 30 de julho, seis dias depois de sua convenção.

    Miriam Gimenez, Priscila Baggio, Guto Scarpanti, Professor Eduardo Ferrufino e Rubio Sérgio (Rubinho) são responsáveis pela “estreia” do Novo em situação peculiar: o partido disputará apenas as oito vagas de Mato Grosso do Sul na Câmara Federal, não apoiando nomes ao governo do Estado, Senado ou Assembleia Legislativa. O quinteto também será responsável por defender a candidatura presidencial de João Amoêdo no Estado.

    Fundado em 2011, o Novo obteve seu registro partidário apenas em 2015, sendo esta a primeira eleição nacional que disputa –concorreu em alguns municípios na eleição municipal de 2016, elegendo quatro vereadores. Embora tenha direito a R$ 1 milhão do fundo eleitoral, o partido tem entre suas prerrogativas o fato de não usar recursos públicos para a sua manutenção ou candidaturas, sobrevivendo de doações.

    Fonte: campograndenews
    Por: Humberto Marques


    Imprimir