Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/07/2018

    Primeira bandeira levantada pelo vereador Ademir Santana na Câmara: Regularização fundiária de aldeias urbanas vira realidade

    ©Divulgação
    Assim que assumiu seu primeiro mandato como vereador de Campo Grande, o vereador Ademir Santana articulou, junto com lideranças dos indígenas que vivem nas aldeias urbanas em Campo Grande, uma reunião com o então presidente nacional da Funai, Antônio Costa. Na ocasião, Ademir prometeu lutar pela urgente regularização das áreas ocupadas por esses indígenas. O resultado veio essa semana, com o anúncio de início dos processos para os assentamentos Vila Romana, Estrela do Amanhã e Santa Mônica. 

    “Há muito tempo, mesmo antes de ser vereador, tenho lutado por isso. Durante a campanha eu prometi que, se eleito, seria minha primeira batalha. Cumpri o combinado e agora o resultado está aí. Mas, nós vamos continuar brigando, porque há outras áreas urbanas indígenas esperando o benefício”, avisou o paramentar. 
    ©Divulgação
    O anúncio do início do processo de regularização das três áreas foi feito nesta quarta-feira (25), durante reunião em que estiveram presentes várias lideranças indígenas, o diretor-presidente da Emha Eneas Carvalho Netto, o subsecretário de direitos humanos Ademar Vieria Júnior, o prefeito Marcos Trad, além, é claro, de Ademir Santana. 

    Ivan dos Santos, que é coordenador da comunidade indígena de Campo Grande junto à subsecretaria de direitos humanos, ao sair da reunião fez questão de enaltecer o trabalho e a insistência de Ademir Santana para que o processo se concretizasse. “Nós nunca duvidamos da capacidade e da vontade do vereador Ademir Santana. Mas, ele nos surpreendeu ainda mais, porque tudo aconteceu em pouco tempo. Ele prometeu brigar por nós e cumpriu. Somos muito gratos por isso”, destacou. 
    ©Divulgação
    O líder indígena ainda lembrou que o trabalho de Ademir não está reduzido à regularização fundiária, mas, também, em dar condições melhores para os índios tocarem a vida. Ele destacou as emendas destinadas pelo vereador à aquisição de três veículos exclusivos para atender à demanda dos indígenas em Campo Grande. O processo de aquisição se encontra em licitação. 

    Ao final da reunião, Ademir Santana afirmou que os índios agora podem ficar muito mais tranquilos e dar entrada nos papéis para a regularização. Para o vereador, foi feita a justiça com aquelas famílias que precisam abandonar suas terras de origem para tentar algo melhor na cidade. “O índio poderia muito bem sobreviver nas terras onde nasceram. Mas, já que são obrigados a tentar a vida na cidade, é justo que tenham tratamento digno, não só por parte do poder público, mas por toda a sociedade. Estou muito feliz por esses nossos irmãos. A vitória deles faz justiça”, declarou emocionado o vereador. 

    ASSECOM


    Imprimir