Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    04/07/2018

    BATAGUASSU| Seminário encerra atividades do Pnaic no município

    ©Micael Nunes
    Professores das redes municipal e estadual de ensino participaram na última sexta-feira e sábado, dias 29 e 30 de junho do Seminário final do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) 2018.

    Como tema “Memórias, práticas e registros do Pnaic que favorecem o protagonismo estudantil em Mato Grosso do Sul”, o evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) no Centro de Eventos “João Leme”.

    Durante a abertura, houve a apresentação da peça teatral “Abracadabra, vamos à praia antes da magia acabar”, da Escola Municipal “Marechal Rondon” que foi classificada para a final do 9º Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran-MS), categoria infantil. As alunas/ atrizes da peça além do instrutor de teatro Marcelo André Batista, do Centro Cultural de Bataguassu foram homenageados na data.
    ©Micael Nunes
    Após a apresentação, a secretária municipal de Educação e Cultura, Regina Duarte de Barros Dovale salientou a importância da discussão da alfabetização da idade certa e agradeceu o empenho dos professores para conclusão dos trabalhos do Pacto. Representantes de escolas estaduais, municipais e particulares também participaram da atividade.
    ©Micael Nunes
    Na data, a palestrante professora Vânia Aparecida de Almeida Bagi, formadora regional do Pnaic, CRE/9 de Nova Andradina abordou em sua explanação o tema “Diálogos entre a educação e o direito de aprendizagem no Pacto” e frisou a necessidade de se manter a “escola viva”, revendo práticas antigas para conseguir atender as crianças em processo de 
    alfabetização no século XXI. “Ser alfabetizado é um direito da criança e precisamos ampliar o protagonismo das crianças e alfabetizá-las até os 8 anos”, considerou a expositora.

    Encerrando os trabalhos, houve plenária e visita ao workshop do Pnaic.

    No sábado, dia 30 de junho, a atividade foi retomada com os relatos de experiências das práticas de sala de aula realizadas nos períodos da manhã e tarde.

    SEMINÁRIO

    Conforme o coordenador local das ações do Pnaic em Bataguassu, professor Me. Edinalvo Raimundo de Lima, o seminário teve a proposta de apresentar os trabalhos, estudos, práticas, registros, avanços e desafios desenvolvidos durante a formação continuada. “O objetivo é contribuir para aperfeiçoar os saberes e práticas do ciclo de alfabetização, com 
    impacto na sala de aula, ou seja, aprimorar o processo de alfabetização do município na idade certa”, destacou ele.

    Lima disse que a pauta de formação de 20 horas compreendeu oficinas de ações práticas, exposições dos materiais trabalhados pelos cursistas nas formações e escolas; palestra e relatos de experiências, contribuições das formações do pacto nas práticas de sala de aula.

    Após a conclusão dos trabalhos, o próximo passo, segundo o coordenador, é aguardar as orientações do Ministério da Educação e Cultura (MEC), Secretaria de Estado de Educação (SED), Comitê Estadual e Undime.

    Conforme balanço da Semec, em 2013, Bataguassu contou com o oferecimento do Pacto aos profissionais de educação, alfabetizadores em Língua Portuguesa e Letramento; e em 2014, para os alfabetizadores em Matemática e Letramento.

    Em 2015, a pasta não aderiu ao Pacto retomando em 2016, para os Professores Alfabetizadores, Coordenadores Pedagógicos com ênfase na Alfabetização e Letramento e, finalmente, o Pacto oferecido em 2017/2018, com a participação da educação infantil abrangendo ainda a alfabetização em Língua Portuguesa e em Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e na educação infantil com a prática de leitura, escrita e oralidade.

    PACTO

    O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) tem a proposta de alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do terceiro ano do Ensino Fundamental da rede pública de ensino, atendendo as metas do Plano Nacional da Educação (PNE) e do Plano Municipal de Educação (PME).

    Nesta edição, além dos professores de 1º, 2º e 3º ano e seus coordenadores, o Pnaic se estendeu para professores da educação infantil, com o intuito de fortalecer ainda mais o ciclo de alfabetização. Um total de 97 profissionais em Bataguassu participaram das atividades iniciadas em outubro do ano passado e concluídas em maio deste ano.

    Os cursos foram compreendidos por modalidade presencial, EAD e em serviço; através de eixos distintos de atuação.

    Além do coordenador local (professor Edinalvo), a equipe municipal do Pacto é composta pelas professoras Elizabhete Lima (formadora local da Educação Infantil), Delaine Gama de Souza (formadora local da Educação Infantil), Nilza Costa Souza Primo (formadora local do 1º ao 3º ano), Aparecida Evangelista (formadora local do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental) e Maria Aparecida da Costa Mateini (formadora local do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental).
    ©Micael Nunes

    ASSECOM


    Imprimir