Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/05/2018

    Vice-presidente regional da Fiems e ministro do Trabalho abrem em Corumbá a Ação Global 2018

    ©Divulgação
    Com previsão de receber público de 5 mil pessoas e promover mais de 10 mil atendimentos nas áreas de cidadania, educação, saúde e lazer, contribuindo de forma positiva para a vida de milhares de pessoas do município, o 3º vice-presidente regional da Fiems, Lourival Vieira Costa, e o ministro do Trabalho, Helton Yomura, abriram, neste sábado (26/05), a edição 2018 da Ação Global, que é realiza pelo Sesi e Rede Globo, por meio da afiliada TV Morena, na Praça da Nova Corumbá, localizada na Rua Paraíba, entre as ruas José Frageli e Ciriáco de Tolêdo, no Bairro Nova Corumbá, no município.

    Segundo Lourival Vieira Costa, a Ação Global vai contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população de Corumbá. “Esse é um evento fundamental para o trabalhador e essa parceria do Sesi com a TV Globo promove uma ação na cidade que disponibiliza vários serviços. Em 2016, nós tivemos mais de 7 mil pessoas e 20 mil atendimentos, enquanto em Campo Grande foram 4 mil pessoas. Então veja que a nossa população realmente aderiu e a Fiems acertou em trazer a Ação Global para Corumbá”, analisou.
    ©Divulgação
    Para o ministro Helton Yomura, a data de hoje já é tradicional e, neste ano, foi construída pelo Sistema Indústria em mais de 100 cidades simultaneamente. “Estrategicamente, a Ação Global é realizada sempre em maio, que é o mês em que se comemora o Dia da Indústria. Na minha avaliação, as indústrias estão estendendo à sociedade, por meio das ações sociais aqui desenvolvidas, mais um pouco do suor e do sacrifício do trabalhador industrial. Trata-se de um dia de festa e de congraçamento entre os trabalhadores e suas famílias e a comunidade”, afirmou.

    Já na avaliação do prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, a administração municipal e a população estão honrados por receberem mais uma vez a Ação Global. “Estamos felizes por Corumbá ser escolhida para sediar esse grandioso evento, que acontece simultaneamente em todo o Brasil, oferecendo serviços de saúde, cidadania, educação e lazer para a população corumbaense”, falou.

    A Ação Global 2018 conta com a participação de 36 entidades parceiras e centenas de voluntários, entre profissionais de órgãos públicos e instituições diversas, formando um mutirão de solidariedade para contribuir com o desenvolvimento social e ajudar na transformação da realidade da sociedade, além de oferecer uma série de serviços. Durante o evento, serão oferecidos serviços de cidadania como emissão de 2ª via de certidão de nascimento e carteira do idoso interestadual, orientação jurídica, negociações de débitos junto à Sanesul, corte de cabelo e design de sobrancelha e outros.

    Na área de saúde, haverá aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar, atendimento odontológico, consultas clínicas, pediátricas e oncológicas para avaliação de câncer de pele, mamografia, coleta de preventivo, coleta de PSA e pequenos procedimentos médicos. Já na parte de educação, o Sesi os parceiros irão disponibilizar pintura facial, atividades literárias e teatrais, concurso de desenhos sobre o trânsito, oficina de material reciclável, demonstração mecânica e programação de robótica e apresentação de cursos profissionalizantes.

    População

    Para a dona de casa Elenice dos Santos, 19 anos, a Ação Global é a chance de colocar em dia as consultas médicas. “Cheguei aqui às 7 horas e vim pelo atendimento médico. Acho esse tipo de serviço prestado à população muito bom, pois ajuda bastante”, assegurou.

    Já o aposentado Genivaldo Rodrigues da Silva, 72 anos, também quer atendimento na área de saúde. “Hoje vim pelos atendimentos médicos porque esse evento ajuda muito a população também com serviços de cidadania, como corte de cabelo e 1ª via de documentos”, afirmou.

    O também aposentado Salustiano Franco de Morais, 71 anos, procurou a Ação Global para tratar os dentes. “Esse tipo de ação é muito útil para a população”, analisou. A dona de casa Dayane Arruda, 26 anos, é outra que elogia a iniciativa do Sesi e Rede Globo. “Hoje vim procurando fazer a 2ª via da certidão de nascimento e espero que consiga”, declarou.

    ASSECOM


    Imprimir