Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    09/05/2018

    Saúde do Homem e da Mulher Rural: Mães se previnem e levam família para iniciativa do Senar/MS

    ©Divulgação
    Uma cena muito comum nas edições do programa Saúde do Homem e da Mulher Rural, em Mato Grosso do Sul, é a forte presença feminina. Ao longo das 15 edições, as mulheres foram responsáveis por 44% dos atendimentos.

    “O observamos que, além de cuidar mais da própria saúde, as mães trazem os maridos, filhos e netos. Sendo o esteio da família, elas querem todo mundo bem”, explica a coordenadora do programa, Pauline Cury.

    O Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural, do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, ampliará o atendimento, em 2018, passando por 20 municípios, quase o dobro do ano passado, graças à parceria com o Hospital de Câncer de Campo Grande Alfredo Abrão (HCAA).

    Com a cooperação, uma equipe do hospital, formada por 2 urologistas, 1 ginecologista e 1 dermatologista, além de técnicos administrativos, participa de cada edição, proporcionando um aumento na quantidade e na qualidade dos atendimentos.

    “Além disso, em conjunto com as secretarias municipais de saúde, uma vez diagnosticado um caso de câncer durante a ação, a pessoa começa a receber o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e, se a terapia não estiver disponível na região, o paciente é trazido para Campo Grande”, explica a coordenadora.

    Durante os eventos, são oferecidos, ainda, testes rápidos para o diagnóstico de outras doenças, como: sífilis, HIV, hepatites B e C.

    “A população brasileira está vivendo mais: há 30 anos, a expectativa era inferior aos 64 anos e, hoje, está acima dos 75. O aumento positivo reforça a necessidade de cuidados com a saúde, tanto na área urbana quanto na rural. Por isso, além da responsabilidade social, o programa especial Saúde do Homem e da Mulher Rural traz a possibilidade de melhorar a qualidade de vida”, afirma o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.

    Neste mês de maio, o programa vai atender o homem e a mulher do campo nos municípios de Ivinhema, Três Lagoas e Fátima do Sul.

    Para mais informações, acompanhe as redes sociais do Sistema Famasul e Senar/MS

    Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
    Por: Ana Brito
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS