Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/05/2018

    Indígena é executado a tiros em plena luz do dia e polícia investiga

    No local do crime, foram encontradas 14 cápsulas, calibre 9mm

    ©Ilustração
    A Polícia Civil investiga a morte de um indígena paraguaio, executado a tiros em plena luz do dia, alvo de 14 disparos de arma 9mm. Um policial de folga que mora próximo ao local do crime, que estava em horário de almoço, ouviu os disparos e acionou colegas. A vítima ainda não foi identificada.

    O crime ocorreu na rua Fernando Corrêa da Costa, em frente ao Campo Croviz Bronzin, região central de Paranhos – distante 466 km de Campo Grande, por volta das 14h. A vítima, um indígena paraguiaio, é um conhecido ‘andarilho’ do município.

    Ele foi atingido por diversos disparos e testemunhas disseram que, após o crime, viram duas pessoas em uma motocicleta fugindo do local, segundo a ocorrência.

    Nenhuma das testemunhas soube informar possíveis parentes ou até mesmo o nome da vítima. Capsulas foram apreendidas e podem ajudar na elucidação do crime, registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia Civil do município.

    Fonte: Midiamax
    Por: Maisse Cunha


    Imprimir