Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/05/2018

    'Essa gente está atrás de mim com ânsia', diz Temer sobre tucanos

    Declaração foi dada após o presidente ser questionado se estaria procurando o PSDB para articular uma candidatura de centro ao Planalto

    ©Marcos Corrêa/PR
    O presidente da República, Michel Temer, demonstrou contrariedade, nesta segunda-feira (14), ao ser questionado se estaria procurando o PSDB para articular uma candidatura de centro ao Planalto.

    "Eu que estou sendo procurado com insistência pelos tucanos. É o Alckmin que está pedindo encontro comigo. Quando vou a São Paulo, é um enxame de peessedebistas (tucanos) a me procurar", disse Temer ao blog do Gerson Camarotti, no portal G1, referindo-se ao pré-candidato e ex-governador paulista.

    Em seguida, disse estar "indignado". "Estou indignado. Essa gente está atrás de mim com ânsia. E fica parecendo que sou que estou atrás de Geraldo Alckmin de forma insistente, abanando o rabo", afirmou.

    O presidente também contou ter sido procurado pelo ex-prefeito da capital paulista João Doria (PSDB), pelo governador do estado Márcio França (PSB) e pelos deputados Samuel Moreira (PSDB-SP) e Arnaldo Jardim (PPS-SP).

    "Na sequência, o Alckmin me ligou. Como não pude atender, no dia seguinte liguei para ele", disse Temer.

    Informado pelo blog que o deputado Samuel Moreira foi chamado ao Planalto pelo assessor do Palácio Marcelo Barbieri, Temer, mais uma vez, se irritou.

    "Essa gente é que está atrás de mim. Todo mundo me procura. Estou sendo procurado pelas pessoas. E depois eles vão à imprensa para dizer que eu é que estou procurando os tucanos", completou.

    NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS