Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    22/05/2018

    De gestão da idade à ergonomia, Centro de Inovação do Sesi de MS firma parcerias

    ©Divulgação
    Na quinta reportagem da série especial sobre o Centro de Inovação – Sistemas de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho do Sesi de Mato Grosso do Sul, que será inaugurado pelo presidente da Fiems, Sérgio Longen, nesta sexta-feira (25/05), em Campo Grande (MS), vamos apresentar os projetos desenvolvidos em parceria com um dos oito centros de inovação espalhados pelo Brasil e que devem ser replicados em escala nacional por meio de uma plataforma com soluções em SST para a indústria.

    Do apoio ao trabalhador idoso a ações preventivas para evitar lesões durante atividades repetitivas, o Centro de Inovação do Sesi de Mato Grosso do Sul trabalha em dois projetos-piloto, em parceria com os centros do Paraná e do Rio Grande do Sul, que vão levar mais saúde e reduzir em todo o país as principais causas de afastamento dos trabalhadores da indústria. “Como a linha de pesquisa do centro de Mato Grosso do Sul é sistemas de gestão, temos sido procurados pelos outros centros para contribuir com o gerenciamento dos processos e informações”, afirma a diretora de SST do Sesi, a médica do trabalho Adriana Rossignoli Sato.

    ©Divulgação
    Um desses projetos, o Software de Gestão de Idade, desenvolvido em conjunto com o Centro de Inovação do Paraná, vai contribuir para o melhor aproveitamento da mão de obra da terceira idade, que é a área de atuação do centro paranaense. “Pesquisas e estudos indicam que os trabalhadores permanecerão por mais tempo no mercado de trabalho, e cabe às empresas investimentos em conhecimentos e medidas que assegurem seu bom funcionamento diante destas mudanças previstas”, analisa Adriana Sato.

    O software desenvolvido pelo centro sul-mato-grossense permitirá às empresas cruzar dados para fazer uma gestão da faixa etária dos trabalhadores, monitorando sua capacidade para o trabalho. O resultado é que o setor produtivo terá à disposição informações sistematizadas sobre a gestão da idade, além de um controle informatizado dos afastamentos e absenteísmo.

    Outro projeto, em parceria com o Centro de Inovação do Rio Grande do Sul, cuja linha de pesquisa é em embasada nos fatores psicossociais dos trabalhadores, foi desenvolvido para a Bruning Tecnometal, indústria gaúcha vencedora do edital de Inovação Sesi/Senai 2017. Trata-se de um software para Gestão Ergonômica de Atividades, que integra, em uma só ferramenta, todas as ações preventivas em SST aplicadas dentro de uma empresa. Com o cruzamento destas informações, é possível deixar mais assertivas e ágeis a tomada de decisões de gestores das empresas, adequando e promovendo a saúde do trabalhador de maneira mais eficaz e adequada.

    Centro de Inovação

    Cada Centro de Inovação do Sesi trabalha com diferentes linhas de pesquisa em SST. São elas: prevenção da incapacidade, na Bahia; economia para saúde e segurança, no Ceará; ergonomia, em Minas Gerais; sistemas de gestão de SST, em Mato Grosso do Sul; longevidade e produtividade, no Paraná; higiene ocupacional, no Rio de Janeiro; fatores psicossociais, no Rio Grande do Sul; e tecnologias para a saúde, em Santa Catarina.

    Em Mato Grosso do Sul, as pesquisas do Centro de Inovação são realizadas em Campo Grande para atender a indústria nacional desde 2016 e, a partir do dia 25, ganhará um ambiente propício para disponibiliza-las à indústria de todo o País. O espaço, localizado na Avenida Afonso, entre as ruas 13 de junho e 25 de dezembro, conta com um projeto arquitetônico arrojado, que faz jus ao propósito inovador do centro.

    Com 1,2 mil m² de área construída, e estrutura é distribuída em três pavimentos, e conta com dois consultórios, dois auditórios, duas salas de treinamento, uma sala de operação com 22 postos de trabalho, uma sala de inovação com 13 postos de trabalho, uma sala de gerência, uma sala de coordenador, uma sala com seis postos de trabalho e estacionamento para 18 vagas, duas para deficientes e duas para idosos. O espaço recebeu investimentos de R$ 7 milhões, entre edificação do espaço e aquisição de mobiliário.

    Serviço 

    Mais informações pelo telefone 0800 723 7374 ou pelo WhatsApp (67) 99228-0075.

    ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS