Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    17/05/2018

    Aprovado PL do vereador Carlão, reconhecendo Campeonatos de Futebol de Várzea como patrimônio esportivo

    ©Divulgação
    Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Campo Grande, desta quinta-feira foi aprovado em segunda discussão e votação o Projeto de Lei 8.799/17, de autoria do vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), subscrito pelo vereador Chiquinho Telles, que institui a valorização dos eventos de futebol amador ocorridos em campos de várzea na Capital, reconhecendo-os como patrimônio esportivo. Carlão reafirmou que a Lei visa reconhecer os torneios e campeonatos dos bairros da Capital, na Cohab, São Conrado, Moreninhas, Talismã, Jockey Club, Santa Emília, Nova Lima, Tiradentes, Colúmbia, Coophatrabalho, Nasser, Alves Pereira, Novos Estados entre outros. 

    “Quero agradecer a votação desta Casa de Leis garantindo notoriedade e reconhecimento aos campeonatos de futebol de várzea que em algumas finais chegam a reunir mais de mil e quinhentas pessoas como o que ocorre no Talismã. Esses eventos esportivos amadores, valorizam o esporte nos bairros e servem como eventos históricos e merecem fazer parte do calendário de eventos esportivos da Capital. Merecem ser valorizados, inclusive com o apoio e cadastramento da Fundação Municipal de Esporte. Com essa Lei poderão inclusive formalizar convênios para o custeio destes eventos”, explicou Carlão.

    Na justificativa do Projeto, o parlamentar considera patrimônio esportivo os campeonatos de várzea e tem por objetivo impulsionar a realidade esportiva em nossa capital. Já que a maioria deles são considerados festas regionais, pela paixão e público que conseguem reunir nos bairros em finais de semana e feriados. A fim de incentivar esta categoria que possui um valor cultural extremamente relevante em nossa sociedade, nas diferentes realidades sociais, e reconhecendo o papel daqueles que trabalham e se dedicam por amor ao esporte.

    “Parabéns vereador Carlão por lembrar do esporte amador, especialmente os campeonatos de várzea, que sofre muito. Porque falta incentivo nesses campos de terra que em vários bairros da Capital são a única alternativa”, afirmou o vereador Chiquinho ao proferir o voto.

    Agora o Projeto de Lei segue para sanção do prefeito Marquinhos Trad.

    ASSECOM


    Imprimir