Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/04/2018

    COSTA RICA| Pavimentação da MS-223 perto de se tornar realidade; vereadores costarriquenses comemoram

    Governador Reinaldo Azambuja durante ato político em Costa Rica, no mês de junho de 2017. Na ocasião, ele anunciou a obra de pavimentação asfáltica da MS-223 © Divulgação
    Os vereadores costarriquenses comemoraram o lançamento do edital de licitação para pavimentação asfáltica de 32,5 quilômetros da rodovia estadual MS-223, que liga Costa Rica-MS a Figueirão-MS. O edil Lucas Lázaro Gerolomo (PSB) enfatizou que a classe política dos dois municípios teve papel importante na conquista dessa obra, que é um sonho antigo das populações de ambas as cidades.

    “Por inúmeras vezes o prefeito Waldeli (dos Santos Rosa - MDB) e nós vereadores fomos até Campo Grande (MS), nos mais diversos órgãos do Governo do Estado, para cobrar a pavimentação asfáltica da MS-223. Quando a gente recebe a notícia que enfim, após tantos pedidos, foi lançada a licitação para a obra, toda a classe política de Costa Rica e Figueirão comemora, pois vereadores e prefeitos das duas cidades lutam e cobram há muito tempo esse asfalto”, ressaltou Lucas.

    A obra foi autorizada pelo Governo de Mato Grosso do Sul em outubro do ano passado e o edital de licitação foi publicado nesta quarta-feira (11/04) no Diário Oficial do Estado. Conforme consta no edital, a pavimentação e a drenagem serão realizados em 32,5 mil quilômetros da MS-223. O prefeito Waldeli adiantou que essa obra de asfaltamento deve começar por Costa Rica e seguir até a região da Serrinha, sentido a Figueirão.

    “Ao final do mandato, o governador (Reinaldo Azambuja) cumpre um acordo em sinal de respeito à classe política de Costa Rica e ficam aqui os nosso agradecimentos ao Executivo Estadual por ter cumprido esse acordo”, ressaltou o prefeito Waldeli, se referindo aos compromissos assumidos por Azambuja nas eleições de 2014.

    Conforme o vereador Averaldo Barbosa da Costa (MDB), graças às cobranças e ao empenho da classe política de Costa Rica e de Figueirão é que a obra caminha para se tornar realidade.

    “Os prefeitos e vereadores das duas cidades correram atrás, lutaram, cobraram, reivindicaram, pediram, enfim, fizeram gestão para que o Governo do Estado lançasse o edital de licitação. Desde o ano passado, quando o governador autorizou a obra, eu posso afirmar que todos os meses de lá pra cá nós vereadores de Costa Rica estivemos na capital cobrando a abertura da licitação, o que aconteceu agora”, explicou o parlamentar emedebista.

    A rodovia estadual MS-223 tem ao todo 61 quilômetros no trecho entre Costa Rica e Figueirão. Conforme a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (AGESUL), a pavimentação completa da via será dividida em dois lotes. O primeiro lote é este de 32,5 quilômetros, cuja licitação já foi lançada ontem. O edital de licitação para a pavimentação dos outros 28,5 quilômetros da rodovia ainda não foi publicado. 

    A obra deste primeiro lote está orçada em R$ 45,7 milhões e será realizada com recursos próprios do governo do Estado, através do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário (Fundersul). A licitação está marcada para o dia 14 de maio, às 10h, na sede da Agesul, em Campo Grande.

    As obras de pavimentação da MS-223 encurtarão 90 quilômetros no trajeto dos moradores que dirigirem de Costa Rica até a capital, quem não precisarão mais desviar por Chapadão do Sul-MS.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Ademilson Lopes
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS