Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/03/2018

    TRÊS LAGOAS| Município participa de Levantamento de Saúde Bucal do estado de Mato Grosso do Sul

    Esse trabalho, de início, será feito simultaneamente em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Ponta Porã

    © Divulgação
     Sete equipes de profissionais da Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas estarão envolvidas, até o final de 2018 e início de 2019, no Levantamento de Saúde Bucal de Mato Grosso do Sul (SB/MS).

    Cada equipe, formada por um dentista e um auxiliar, estará participando do levantamento de dados que irão avaliar as principais condições da saúde bucal da população, observando amostras das seguintes faixas etárias: crianças de 18 a 36 meses; crianças de cinco anos; crianças de 12 anos; adolescentes e jovens de 15 a 19 anos; adultos de 35 a 44 anos; e idosos acima de 65 anos de idade.

    De imediato, as equipes de Saúde Bucal da SMS, estarão realizando o levantamento SB/MS em crianças de cinco anos, avaliando as condições da dentição decídua, ou seja, a dentição comumente chamada de dentes de leite; e em crianças na faixa de 12 anos, quando já se constata a formação da dentição permanente .

    Nesse levantamento, como explicou a dentista Ana Paula Barros, da unidade de Estratégia de Saúde da Família – ESF Jardim Maristela, “estaremos avaliando os índices de Periodontal, de Fluorose Dentária e Traumas, seguindo os parâmetros de avaliação, previamente estabelecidos”, antecipou.
    © Divulgação
    A dentista Ana Paula e o dentista Edmilson Borges, da ESF Santa Rita participaram do que chamaram de “Calibração”, em setembro de 2017, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) de Campo Grande.

    Eles integram as sete equipes de Três Lagoas que iniciarão, ainda neste mês, os trabalhos da SB/MS.

    “Ao final deste trabalho, que teve a iniciativa da UFMS em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e conta com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, teremos um completo livro de dados que servirá de base para a elaboração de projetos de políticas públicas para a SB de Mato Grosso do Sul”, resumiu o dentista Edmilson.

    Como informaram os dois dentistas, este mesmo levantamento já foi realizado no vizinho estado de São Paulo em 2015 e “é hoje importante subsídio de consulta para os profissionais de Saúde Bucal e para os gestores de políticas públicas de Saúde”, completou a dentista Ana Paula.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS