Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    21/03/2018

    Reinaldo diz que falta vontade política para resolver problema na fronteira

    Governador voltou a falar sobre a necessidade de cuidar da segurança em MS, não somente no Rio de Janeiro

    Reinaldo Azambuja, PSDB, concede entrevista à imprensa nesta quarta-feira (dia 21) ©Marina Pacheco
    O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), voltou a falar, nesta quarta-feira (dia 21), durante agenda pública, da necessidade em blindar as fronteiras. Para ele, falta vontade política, por parte do governo federal, para solucionar os problemas na região fronteiriça.

    Reinaldo também comentou uma pesquisa, divulgada pela Revista Exame, que perguntou o maior anseio da população em relação ao próximo presidente. 60% da pessoas que responderam à pesquisa, diz o governador, entendem que o Brasil precisa proteger as fronteiras.

    "Isso é um pedido desde 2015 e a avaliação mostra que não é uma preocupação de Mato Grosso do Sul apenas, mas uma pauta nacional".

    O chefe do Executivo estadual voltou a reclamar que não adianta a União focar no Rio de Janeiro, pois lá é consequência, enquanto aqui é a causa da criminalidade. "Assim como houve vontade política pra intervenção, precisa ter força de vontade pra fronteira".

    Reunião - Ontem, o governador disse que os chefes dos Executivos estaduais que formam o Fórum Brasil Central vão se reunir em Brasília, na quinta-feira (dia 22), justamente para discutir a questão da segurança nos estados.

    Fonte: campograndenews
    Por: Mayara Bueno e Leonardo Rocha


    Imprimir