Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/03/2018

    COSTA RICA| Fruto da gestão dos vereadores, município passa a contar com programa INSS Digital, que agiliza atendimentos

    Autoridades durante ato solene de assinatura do Termo de Cooperação Técnica para implantação do programa INSS Digital em Costa Rica © Divulgação
    O projeto “INSS Digital” já é realidade em Costa Rica-MS. Com isso, o cidadão, em breve, contará com a comodidade de poder dar entrada no requerimento de um benefício previdenciário – como, por exemplo, aposentadoria por idade ou salário-maternidade – sem tem que se deslocar até uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

    A implementação do projeto agiliza e facilita o atendimento da população que busca um benefício previdenciário, e é fruto do trabalho de gestão dos vereadores costarriquenses e do Executivo Municipal. O programa “INSS Digital” dispensa o cidadão de comparecer a uma agência da previdência social para requerer benefícios. Com isso, a população poderá entregar os documentos diretamente na agência digital – que será gerida pela Prefeitura - para dar entrada em um benefício, onde os documentos serão digitalizados e enviados eletronicamente para a Central de Análise do INSS.

    Em outubro do ano passado, os edis Claudomiro Martins Rosa, o Cocó (PSD), Rayner Moraes Santos (PR), Jovenaldo Francisco dos Santos, o Juvenal da Farmácia (PSB), e o presidente da Câmara à época, Lucas Lázaro Gerolomo (PSB), se reuniram, em Campo Grande, com o gerente-executivo do INSS no estado, Joaquim Cândido Teodoro de Carvalho e com o superintendente regional do INSS nas regiões Norte/Centro-Oeste, André Paulo Félix Fidelis.

    Nessa ocasião, os parlamentares cobraram providências em relação à demora no atendimento dos cidadãos que procuram a agência local do INSS em busca de um benefício da previdência social. Como resultado da reunião, graças ao trabalho de gestão dos vereadores, os dirigentes do órgão previdenciário se comprometeram em implantar o projeto “INSS Digital” no município, como medida para dar maior agilidade aos atendimentos.

    “Os vereadores estiveram solicitando melhorias aqui (Campo Grande) e encontraram o superintendente André Fidelis e por meio de conversas decidimos por mais esse caminho para agilizar os trabalhos do INSS e para atender melhor a população, por meio do INSS Digital”, explicou Joaquim Cândido.

    Na tarde da última quarta-feira (14), o prefeito Waldeli dos Santos Rosa (MDB) e Joaquim Cândido assinaram o Termo de Cooperação Técnica para implantação do “INSS Digital” em Costa Rica, formalizando oficialmente a parceria entre o INSS e a Prefeitura, durante ato solene realizado na sala de reuniões do Paço Municipal, com a presença dos vereadores Rosângela Marçal Paes (PSB), Averaldo Barbosa da Costa (MDB), Juvenal da Farmácia, Lucas Gerolomo e Ronivaldo Garcia Cota (PSDB), além do vereador licenciado Antonio Divino Félix Rodrigues, o Tonin Félix (PSB).

    Outra novidade importante é que, desde o dia 27 de fevereiro, a agência do INSS em Costa Rica funciona em padrão totalmente digital. Isso significa que os processos administrativos em trâmite na agência deixaram de ser físicos e passaram a ser exclusivamente virtuais. A mudança dobrou a capacidade de atendimentos da agência.

    “Nós vemos como um ganho muito grande para a população, porque nós conseguimos habilitar um maior número de processos. Antes nós tínhamos uma capacidade de atendimento de em torno de seis serviços agendados por dia, mas hoje nós já trabalhamos com uma média de 12 agendamentos de serviços na agência de Costa Rica, diariamente”, afirmou Tatiane Salomão, gerente da agência do INSS no município.

    O vereador Lucas Gerolomo disse que as mudanças implementadas tanto na agência do INSS em Costa Rica e também a implantação do “INSS Digital” atendem aos pedidos da Câmara e representam um importante avanço. “A agência conta com um número reduzido de servidores e isso compromete a agilidade do atendimento. Já temos a informação que até julho uma nova funcionária vai reforçar o quadro da agência, mais um ponto positivo. Com o “INSS Digital” quem ganha é a população. Agora nós vereadores cobramos a resolução de outro problema: a falta de médico perito do INSS em Costa Rica”, ressaltou Lucas.

    No ano passado, a Dra. Adriana Malafaia, até então médica perita do INSS na cidade, foi transferida para Rondonópolis-MT, desfalcando o quadro do órgão em Costa Rica, que passou a contar apenas com um profissional de medicina habilitado para realizar as perícias no âmbito administrativo e judicial que envolvem a concessão de benefícios previdenciários, como aposentadoria por invalidezes ou auxílio-doença. Assim, atualmente o INSS não consegue atender toda a demanda de perícias do município e muitos cidadãos precisam realizar perícia médica em outras cidades.

    “As cobranças dos vereadores são muito bem-vindas, porque é por meio delas que nós vamos reivindicar concurso o mais rápido possível. A saída da Dra. Adriana não foi da nossa vontade. Inclusive eu tentei segurar, mas não consegui! Então perdemos uma profissional que estava atendendo aqui um público grande. Como eu conheço, trabalhando há 37 anos na previdência social, a experiência mostra que esse tipo de dificuldade não vai ser prolongada. As reivindicações da Câmara e do prefeito eu vou levar até Brasília (DF), o que me ajuda a pedir mais um médico o mais rápido possível pra cá”, comentou Joaquim Cândido.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Ademilson Lopes


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS