Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    20/02/2018

    TRÊS LAGOAS| Vereadores aprovam criação de Programa para Turismo Escolar

    Dos quatro projetos de lei aprovados, um incentiva a criação de atividades de turismo para alunos e profissionais da educação da rede municipal.

    © Divulgação
    Durante a 2ª sessão ordinária desta terça-feira (20), os vereadores apreciaram cinco projetos de lei, sendo que quatro foram aprovados e um foi encaminhado para receber parecer de comissão permanente da Casa de Leis. Dentre os aprovados, um incentiva atividades de turismo na rede municipal de ensino, podendo haver parceria público-privada para viabilizar a execução do programa “Turismo Escolar”.

    A redação do projeto diz que o turismo nas escolas será para a visita de pontos turísticos de caráter histórico-cultural para o município, como o relógio central, a praça Ramez Tebet, o paço municipal, a igreja Santo Antônio, o obelisco, a usina hidrelétrica, a lagoa maior, o cristo, as universidades e órgãos públicos.

    “A ampliação do universo cultural dos alunos ao conhecer os diferentes pontos turísticos de Três Lagoas refletirá no seu desempenho escolar nas diferentes áreas do conhecimento”, traz a justificativa do projeto, que foi enviado para sanção pelo Poder Executivo.

    Outro projeto aprovado “determina que os veículos de transporte público coletivo de passageiros das linhas regulares do município realizem desembarque de usuários fora dos pontos previamente determinados”. Essa obrigatoriedade será válida apenas para mulheres, idosos e pessoas com deficiência, no horário entre 19h e 6h, sempre respeitando a rota do veículo. Se sancionado e entrar em vigor, esta lei prevê multa que será aplicada à concessionária, caso o condutor não a respeite.

    Também foram aprovados os projetos de lei que “dispõe sobre a obrigatoriedade de ampla divulgação da norma estabelecida no inciso I do artigo 39, do Código de Defesa do Consumidor, nas empresas que alugam espaços para eventos no município” e “que institui o Dia Municipal da Consciência Evangélica, a ser comemorado no dia 31 de outubro”.

    Solicitações

    Além das indicações apresentadas pelos vereadores, solicitando melhorias no trânsito, em infraestrutura, na saúde, meio ambiente e educação, vale ressaltar a solicitação do vereador Renée Venâncio que, por meio de requerimento, solicitou à prefeitura que informe quais as providências efetivas e definitivas que foram tomadas com relação à falta de água no CEM e SAMU, uma vez que os problemas de água vem acontecendo há quase um ano.

    Renée também solicitou a elaboração de uma Lei para implantação de um Programa Municipal de Fomento ao Turismo, com ações estratégicas de Gestão Municipal do Turismo, de Eventos Geradores de Fluxo Turístico, Qualificação dos Produtos e Serviços Turísticos, Promoção e Comercialização do Destino Turístico de Três Lagoas, Gestão da Informação, Produção Associada ao Turismo, Fixação de Três Lagoas como Destino Indutor Regional e Estadual, Incentivo aos Investimentos Privados voltados ao Turismo Local, Projetos de Captação de Verbas Federais e Estaduais voltadas ao Turismo Local e demais ações a critério do Executivo Municipal.

    Uso da tribuna

    Os vereadores utilizaram a tribuna para parabenizar a entrega de mais de 2.400 itens para as merendeiras: "é um investimento para a Educação, fornecendo uma alimentação de qualidade para os nossos alunos", afirmou Luciano Dutra, que citou ainda a sala multimídia para 80 pessoas que a Fibria entregou hoje (20) para a APAE. “Além disso, a instituição recebeu vários itens que foram entregues pelo Dep. Estadual Eduardo Rocha, graças ao apelo de muitos vereadores”.

    Sgto. Rodrigues e Cristina falaram sobre o aumento da taxa de entrada no Balneário, a qual eles consideram que deva ser revisada. Rodrigues cobrou mais uma vez uma resolução da questão das câmeras de vigilância desativadas no município.

    Jorginho do Gás e André Bittencourt citaram conquistas dos vereadores para a população, mas que muitas vezes não são reconhecidas, como a mudança das regras da Zona Azul, a conquista de estágio no município para os alunos de medicina etc. “Estamos atuantes e cumprindo tudo o que foi prometido”, garantiu Bittencourt, presidente da Câmara dos Vereadores.

    Utilizando o tempo de Explicação Pessoal, Professor Flodoaldo falou sobre o problema da automutilação nas escolas municipais. “De 27 casos no ano passado, hoje são mais de 100. Peço atenção aos educadores para este novo comportamento de nossas crianças e adolescentes", pediu Flodoaldo.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir