Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/02/2018

    Identificado corpo de mulher achado em mala dentro de córrego

    Morte já está sendo investigada e Polícia Civil apura autoria do crime; a partir da segunda-feira um delegado presidirá o inquérito

    Uma pessoa que passava pelo local estranhou a presença do objeto e ligou para a polícia (Foto: reprodução)
    Uma irmã conseguiu identificar o corpo da piauiense Adriana Nunes de Sousa, de 24 anos, encontrada morta na manhã dessa sexta-feira (23), com marcas de esganadura. O corpo estava dentro de uma mala, em um córrego, na baixada entre as vilas São Joaquim e Nossa Senhora de Lourdes, em Aparecida de Goiânia. No Instituto Médico Legal de Aparecida de Goiânia (IML) a irmã não soube dizer o que pode ter ocasionado a morte da jovem.

    Bombeiros retiraram e abriram a mala de dentro do córrego. O cadáver estava encolhido e não portava documentos. Sem a identificação da vítima, a Polícia Civil aguardava o reconhecimento para apurar o motivo e autoria do crime.

    A família não quis falar com a imprensa e o Grupo de Investigação em Homicídio (GIH), que ficou a cargo de apurar o crime, já iniciou a investigação do perfil da vítima para apurar possíveis desafetos.

    Segundo a Polícia Civil a mulher não tem passagens recentes pelo banco de dados como vítima ou autora. Não havia registro de desaparecimento em nenhuma delegacia, segundo a corporação.

    Do Mais Goiás


    Imprimir