Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/02/2018

    Deputado Dr. Paulo Siufi recebe prestação de contas da Secretaria de Saúde em audiência pública

    © Divulgação
    O presidente da Comissão Permanente de Saúde da ALMS, deputado Dr. Paulo Siufi (MDB), recebeu o Relatório Quadrimestral da Secretaria de Estado de Saúde na manhã desta segunda-feira, 26, durante audiência pública realizada no Plenarinho Nelito Câmara.

    O secretário estadual de saúde Carlos Alberto Coimbra e a sua adjunta, Christinne Gonçalves, apresentaram os números referentes ao segundo e terceiro quadrimestres de 2017, em consonância com a Lei Complementar 141/2012, que regula os dispositivos constitucionais relativos aos serviços públicos de saúde em todo o País.


    A secretária adjunta de saúde iniciou a apresentação do relatório mostrando ações e programas realizados pela SES, além de indicadores e o calendário de programação das reuniões em 2018. “Estamos cumprindo a lei e dando transparência e visibilidade às ações da Secretaria. 2017 foi o primeiro ano das novas gestões municipais. Então o primeiro quadrimestre foi um período de organização. Já o segundo, foi de uma maior aproximação entre as equipes técnicas municipais e estaduais. Apesar de estarmos passando por uma crise fiscal e econômica, com mudanças no cenário político nacional, no terceiro quadrimestre nos focamos no fortalecimento da regionalização da saúde”, explicou.

    Christinne Gonçalves também apresentou os programas para atendimento à saúde primária desenvolvidos na Secretaria, as diretrizes do Plano de Saúde (PES) 2016-2019 e o Programa de Reestruturação da Saúde, bem como um resumo das atividades tipificadas e desenvolvidas em 2017, as ofertas e produção de serviços da Secretaria em todo o Estado, o demonstrativo da rede física de saúde em Mato Grosso do Sul e os principais indicadores. A secretária informou ainda que, com relação aos números totais de 2017, esses indicadores serão fechados até abril, quando serão novamente apresentados.

    Há pouco mais de dois meses à frente da pasta, o secretário estadual de saúde Carlos Alberto Coimbra destacou as principais ações que estão sendo realizadas, como a “Saúde Mais Perto de Você”, que vai atender públicos diversos, como indígenas e estudantes, além de obras para qualificar e aprimorar os hospitais e órgãos de saúde no Estado. “Trouxemos vários números positivos para apresentar à população e ações efetivas, como a inauguração do Hospital do Trauma e da radioterapia do Hospital do Câncer”, destacou Carlos Alberto Coimbra.

    O presidente da Comissão de Saúde deputado Dr. Paulo Siufi parabenizou o trabalho de toda a equipe da Secretaria de Saúde, que trouxe resultados palpáveis para a reunião. “Vocês estão fazendo um ótimo trabalho. Sei que há pontos que podem e deverão ser aprimorados, como a questão das filas de espera de cirurgia, que já tiveram um grande avanço com a Caravana da Saúde, e precisam ser zeradas. O fortalecimento dos municípios, para que não haja esse excesso de atendimento nos dos polos regionais de Três Lagoas, Dourados, Paranaíba e Campo Grande. Mas sei também que os índices vão melhorar ainda mais”, afirmou o parlamentar.

    Dr. Paulo Siufi lembrou também uma das reivindicações feitas pelo presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ricardo Alexandre Correa Bueno, que é a convocação dos aprovados no último concurso público. “Quero aqui fazer um pedido ao secretário, que é convocar o quanto antes esses concursados, pois temos um déficit muito grande na área da saúde e, como é ano eleitoral, o prazo vai se extinguir logo”, ressaltou.

    Ao final, o deputado parabenizou e agradeceu a presença de todos na audiência pública. “Fico bastante satisfeito com os números apresentados aqui e de ver que estamos aprimorando cada vez mais. Quero agradecer a presença do secretário de saúde, da adjunta, do presidente do Conselho e de todos os membros da equipe técnica da SES, que com certeza estão valorizando e honrando a saúde pública”, finalizou Dr. Paulo Siufi.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS