Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/02/2018

    BATAGUASSU| Prefeitura e Governo do Estado entregam 50 bases do programa Lote Urbanizado

    Foram investidos recursos na ordem de R$ 530 mil por parte do Estado na construção das bases

    © Micael Nunes
    Na última semana, a Prefeitura de Bataguassu, através do Núcleo Municipal de Habitação em parceria com o Governo do Estado, por meio da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) realizaram a solenidade de assinatura dos contratos do programa Lote Urbanizado. Cinquenta famílias receberam a base da casa pronta para a construção no Conjunto Habitacional Jardim Santo Antônio, no município.

    No evento, que contou com a presença do prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB), da diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, e demais autoridades locais, houve ainda a assinatura da autorização para a ordem de início dos serviços das obras de construção de 25 bases habitacionais do programa Lote Urbanizado em andamento no Distrito de Nova Porto XV. O investimento é de R$ 220.028,72 mil por parte do Estado. 
    © Micael Nunes
    Caravina, que é presidente da Assomasul destacou a importância da parceria entre município e governo do Estado principalmente devido à ausência de investimentos federais na área habitacional. “O projeto é importante e traz dignidade aos contemplados. Só temos a agradecer a parceria”, destacou ele.

    Caravina lembrou ainda que o município aguarda a liberação por parte do Governo Federal, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida para a construção de mais 100 unidades habitacionais a serem construídas no Loteamento São Pedro. 
    © Micael Nunes
    Maria do Carmo, por sua vez, lembrou da soma de esforços entre município e Governo do Estado para oferecer novas moradias. “Receber o lote e a base sem custo algum é um grande passo para quem sonha em construir a casa própria. Essa parceria dos municípios com o governo do Estado só traz benefícios para a população”, considerou.

    O PROGRAMA

    O programa Lote Urbanizado visa atender famílias com renda de até cinco salários mínimos e que não tenham sido beneficiados em nenhum Programa Habitacional Federal, Estadual e Municipal.

    Dentro do processo, o município participa com o terreno e a assistência técnica, já o governo do Estado constrói a base da casa até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia.

    Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da Agehab, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo.

    O prazo para a conclusão da moradia é de 24 meses, ou seja, dois anos, e, somente com a conclusão da construção da moradia, que a mesma poderá ser habitada.
    © Micael Nunes

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir