Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    31/01/2018

    DOURADOS| ​Com apoio de Zeca e Vander, Délia vai construir shopping popular

    Centro comercial vai abrigar camelôs que trabalham há décadas na área da rodoviária.

    Prefeita Délia e técnicos da secretaria de Obras apresentaram para os deputados o projeto para novo centro comercial dos camelôs © A. Frota
    O que a princípio era motivo de preocupação para as dezenas de pequenos comerciantes que trabalham em área anexa ao terminal rodoviário de Dourados começa a dar sinal de um novo tempo, de esperança e oportunidades. A construção de um novo espaço, amplo e com melhores condições de trabalho para os comerciantes, aliado à comodidade à clientela, está em vias de sair do papel.

    Na manhã desta quarta-feira, a prefeita Délia Razuk recebeu no gabinete os deputados federais Vander Loubet e Zeca do PT e apresentou aos parlamentares o projeto para implantação do Centro Comercial Popular, orçado em R$ 2,9 milhões. Zeca e Vander, que já haviam tratado com a prefeita a respeito da construção, reafirmaram o compromisso de viabilizar os recursos e anunciaram emenda no valor de R$ 1 milhão para o início das obras. “Somos parceiros e queremos ser ‘padrinhos’ deste grande empreendimento”, disse Vander, lembrando que viabilizou estrutura semelhante para os camelôs em Aquidauana.

    De acordo com o projeto, o ‘shopping popular’ terá estrutura para atender aos mais de 40 comerciantes que utilizam área externa do terminal rodoviário e que, por determinação do Ministério Público, precisam de um novo local.

    O projeto prevê área para 48 boxes, com estrutura de praça de alimentação e banheiros, área administrativa, cobertura e toda a acessibilidade e arejamento.
    © A. Frota

    PRODUÇÃO INDÍGENA

    A prefeita também apresentou aos deputados - e eles sinalizaram com a possibilidade de alocar recursos para a obra -, projeto para construção do Centro de Comercialização da Produção Indígena, em área da Reserva Indígena, já doada para o município, às margens da MS-156.

    A proposta da prefeita é oferecer aos indígenas de Dourados um espaço, amplo e funcional, para que possam comercializar a produção agrícola e artesanal e que também seja referencial turístico da região.

    “Ali já existem pequenos comércios, é um local de fácil acesso e parada, e considerando o fluxo de veículos, vai ser uma ótima oportunidade para os nossos índios venderem seus produtos e incrementar a renda familiar”, mencionou a prefeita.




    Fonte: ASSECOM 


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS