Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    12/12/2017

    TRÊS LAGOAS| Artesãos do município realizarão Bazar

    Feira será realizada na Praça Ramez Tebet com diversas opções de presentes natalinos para os três-lagoenses

    © Divulgação
    Os artesãos de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Cultura e Casa do Artesão, em parceria com a Prefeitura da cidade, realizarão nesta quarta-feira (13), junto com a inauguração de Natal da cidade, o tradicional Bazar Natalino. A feira, com 26 expositores, será realizada na praça Senador Ramez Tebet, das 16h às 22h até o dia 22 deste mês, com diversas peças exclusivas para presentear os amigos e familiares.

    Entre os produtos que serão expostos pelos artesãos três-lagoenses estão, papelaria artesanal, enxovais para bebê e para casa (em diversas técnicas), terrários e vasos artesanais, acessórios, bijuterias, roupas pintadas à mão, brinquedos e utilitário em feltro, bordados, costura criativa e alimentos, como geleias, licores, conservas, chocolates, maçã do amor e bala baiana e pães caseiros.

    O bazar tem como objetivo principal fomentar e valorizar o artesanato local, contribuindo para o desenvolvimento do artesão e dando oportunidades de comercialização dos seus produtos e gerar interação entre os artistas e a comunidade que vai prestigiá-lo.

    Para o coordenador da Casa do Artesão, Eduardo Nakamura, ações como essas são importantíssimas para garantir a muitas famílias a complementação de renda diante da crise econômica que assola o Brasil.

    “O artesanato é muito importante no Brasil porque, através da habilidade e destreza do artesão e da expressão do ‘Eu’ de cada artista, muitas vezes se torna um ofício. Além da habilidade, qualidade, criatividade e preço justo, o artesão precisa estar atento a vários pontos que podem contribuir para o desenvolvimento do seu trabalho, como o empreendedorismo, associativismo, participação em feiras e eventos, divulgação nas redes sociais, tudo para que possa alcançar o sucesso num mercado tão competitivo”, explica o coordenador.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir