Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/12/2017

    Quadrilha brasileira é presa após troca de tiros com polícia paraguaia

    Os suspeitos seriam integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e teriam participado do assalto a uma empresa de valores na cidade de Araçatuba (SP)

    Droga apreendida com a quadrilha  © Porã News
    Cinco brasileiros foram presos em Pedro Juan Caballero, divisa com Ponta Porã, após uma troca de tiros com a polícia paraguaia na manhã deste sábado (23). Os suspeitos seriam integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e teriam participado do assalto a uma empresa de valores na cidade de Araçatuba (SP), que resultou na morte de um policial.

    Segundo o site Porã News, foram presos Danilo Vicente Ignácio, de 23 anos, João Paulo Ramos, Murilo Rodrigues Nogueira, de 23, Mayra Natanaelly Guedes de Moura e Erica dos Santos. O grupo estava em um Volkswagen Gol quando foram abordados por policiais da Seção de Investigação de Delitos da Polícia Nacional do Paraguai.

    No momento em que os policiais se aproximaram do veículo, um dos suspeitos reagiu e efetuou disparos contra os investigadores. O motorista do Gol fugiu, dando início a uma perseguição. Ainda assim, os suspeitos foram abordados e presos.

    Com eles, a polícia encontrou uma pistola 9mm, munição, porções de maconha e seis aparelhos celulares. O veículo usado por eles também foi apreendido. Ainda conforme o site local, o grupo faz parte da quadrilha que explodiu o prédio de uma empresa de valores em Araçatuba (SP), no dia 16 de outubro.

    Segundo a polícia, cerca de 30 criminosos participaram da ação, que resultou na destruição de viaturas e na morte do policial civil André Luís Ferro da Silva.






    Fonte: campograndenews
    Por: Geisy Garnes


    Imprimir