Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/12/2017

    PARANAÍBA| Secretário de infraestrutura anuncia R$ 16 milhões para saneamento básico no município

    Miglioli espera licitar obras para recapear asfalto em janeiro para executar obras depois das chuvas

    © Arquivo
    Até o final de janeiro do próximo ano, os projetos relativos a Paranaíba, estarão concluídos e prontos para licitação, informou o secretario de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli durante contato mantido com o prefeito Ronaldo Miziara na manhã de hoje em Paranaíba. “Nós tivemos um atrapalho. A empresa contratada pelo governo doe Estado para desenvolver os projetos relativos a Paranaíba, não conseguiu desenvolver. Nós tivemos que penalizar, suspender a empresa e realizar outra licitação”, informou Miglioli.

    São processos que a gente não gostaria de ter passado, mas temos que passar para o amparo da lei. Já refizemos todos os contratos, mas mesmo assim perdemos um tempo muito grande, acentuou o secretario. Ele disse que é importante dar essa satisfação à população e repassar a posição do governador Reinaldo Azambuja de que todos os compromissos c assumidos com Paranaíba serão cumpridos, reiterou o titular da Seinfra.

    Miglioli reuniu-se com o prefeito e os secretários municipais quando ouviu as demanda do município. Ele informou ao prefeito Miziara que além dos R$ 4 milhões anunciados pelo governador em setembro último, para asfalto nas ruas da cidade, além da ponte de concreto sobre o rio Barreiro, o estado ainda vai garantir o aporte de R$ 16 milhões através da Sanesul para ampliar o atendimento de redes de água e esgoto na cidade.

    O secretario informou ao prefeito Miziara que Paranaíba foi um dos 14 municípios que tiveram suas propostas aprovadas no programa Cidades-Avançar Saneamento do Ministério das Cidades. O secretario da Infraestrutura reuniu se ainda com os vereadores no gabinete do presidente vereador Nelo Jose de Souza. Miglioli participou ainda de almoço de confraternização com funcionários da Agesul e Sane sul de Paranaíba 


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir