Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/05/2015

    Pesquisa mostra a importância da organização pessoal na execução de estratégias organizacionais





    A pesquisadora Alice Schuch investiga a visão de empresários sobre a implementação do planejamento estratégico nas organizações, sendo esse um constante desafio de gestão. Por meio do estudo etimológico e linguístico da palavra “estratégia” e de alguns teóricos da área, ela apresenta problemáticas que impedem a consecução dos objetivos relacionados a lideranças mal desenvolvidas.

    De acordo com a pesquisadora, a elaboração de um planejamento estratégico para a organização é essencial, contudo, inválido quando o líder não define claramente aonde quer chegar. E para saber aonde ele quer chegar, Alice explica que deve haver uma organização interna pessoal em primeira instância sobre o projeto de vida do profissional líder, seja ele homem ou mulher. 

    “Kaplan e Norton dizem que de 60% a 80% das organizações não alcançam os objetivos definidos em seus planejamentos estratégicos. Isso ocorre pela simples razão de que a maioria dos seres humanos possui, segundo Freud, em torno de 80% de inconsciente. O qual age fora do controle do seu Eu”, explica Alice.

    Essa pesquisa iniciou em 2010 com coleta de dados e transcorreu por meio de entrevistas com empresários que adotaram a ferramenta de gestão da metodologia FOIL – Formação Ontopsicológica Interdisciplinar de Liderança. A íntegra do texto está disponível AQUI.




    Fonte: ASSECOM
    Por: Aline Wolff da Fontoura
    Imagem: www.petma.com.br