Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    16/11/2017

    Na Assembleia, Nelsinho diz que será candidato ao Senado e que espera alianças

    Ex-prefeito ainda busca consolidar PTB no Estado antes das eleições de 2018

    Nelsinho Trad (PTB) confirmou a candidatura ao senado em 2018 (Foto: André Bittar)
    Nelsinho Trad (PTB) confirmou nesta quinta-feira (16) a candidatura para concorrer a uma das vagas ao senado de Mato Grosso do Sul. Presidente Regional do partido, o ex-prefeito de Campo Grande afirmou ainda que é cedo para definir alianças, que só devem acontecer depois de Março.

    O ex-prefeito conversou com a imprensa nesta manhã na Assembleia Legislativa, durante a posse do servidor Enelvo Felini como deputado estadual, e afirmou que o foco para as eleições de 2018 é concorrer a uma das vagas ao senado e também a consolidação do PTB em Mato Grosso do Sul.

    Segundo Nelsinho, ainda é cedo para definir alianças, o que só deve acontecer depois de março, quando oficialmente fecha as janelas para trocas de partido. Ainda assim, o presidente regional do PTB alegou que “está aberto ao diálogo e acha natural conversar com as líderes de outros partidos”.

    “Estou acompanhando o PDT nacional porque acredito que a eleição presidencial vai interferir muito nos estados”, afirmou Nelsinho. Atualmente, o partido é base do presidente Michel Temer (PMDB), mas já conversa com todos os pré-candidatos à Presidência da República em 2018.

    Sobre se a prisão do ex-governador André Puccinelli pode atrapalhar a candidatura do principal líder do PMDB ao governo do Estado, Nelsinho apenas afirmou que é ‘só o tempo dirá’. “Não dá para avaliar essas situações de forma imediata neste momento”, concluiu.

    Por: Geisy Garnes e Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS